Novo ano pastoral

100 anos da “Voz da Fátima” em exposição

| 26 Nov 21

Uma conferência com o tema “Levanta-te! És testemunha do que viste”, com a historiadora e teóloga Cátia Tuna, e a inauguração de uma exposição de primeiras páginas do jornal Voz da Fátima (VF) naquele que será o ano do centenário da publicação, são os dois principais actos que marcam, neste sábado, 27, a abertura do ano pastoral do santuário mariano.

Criado em Outubro de 1922, o VF é o órgão informativo oficial do santuário. A exposição que neste sábado serão inaugurada são uma das iniciativas previstas para a comemoração da efeméride, a par de uma jornada de comunicação, um estudo científico sobre a publicação e um apontamento museológico no NewsMuseum, em Sintra.

A jornada de abertura, anuncia o santuário, inicia-se às 15h, no recinto de oração, com a inauguração dos murais e prossegue às 15h30, no Centro Pastoral Paulo VI, com a sessão de apresentação.

“Levanta-te! És testemunha do que viste” é a frase que animará a programação deste ano e é sobre ela que falará Cátia Tuna, cuja tese de doutoramento versou sobre a experiência espiritual no fado, com o título “Não Sei Se Canto Se Rezo”: Ambivalências Culturais e Religiosas do Fado (1926-1945). O tema foi escolhido a partir de uma frase do livro bíblico dos Actos dos Apóstolos, que remete para a capacidade de transformação provocada pelo encontro com Cristo Ressuscitado.

A sessão será transmitida em direto em www.fatima.pt, no canal YouTube e na página do Santuário no Facebok, a partir das 15h30.

O Santuário anuncia entretanto que durante este ano retomará acções dirigidas aos voluntários que ali prestam serviço, bem como o acolhimento e acompanhamento dos peregrinos.

 

A roseira que defende a vinha: ainda a eutanásia

A roseira que defende a vinha: ainda a eutanásia novidade

Há tempos, numa visita a uma adega nacional conhecida, em turismo, ouvi uma curiosa explicação da nossa guia que me relembrou imediatamente da vida de fé e das questões dos tempos modernos. Dizia-nos a guia que é hábito encontrar roseiras ao redor das vinhas como salvaguarda: quando os vitivinicultores encontravam algum tipo de doença nas roseiras, algum fungo, sabiam que era hora de proteger a vinha, de a tratar, porque a doença estava próxima.

Um caderno para imprimir e usar

Sínodo 2021-23

Um caderno para imprimir e usar novidade

Depois de ter promovido a realização de dois inquéritos sobre o sínodo católico 2021-23, o 7MARGENS decidiu reunir o conjunto de textos publicados a esse propósito num caderno que permita uma visão abrangente e uma utilização autónoma do conjunto. A partir de agora, esse caderno está disponível em ligação própria.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Esta é a Igreja que eu amo!

Esta é a Igreja que eu amo! novidade

Fui um dos que, convictamente e pelo amor que tenho à Igreja Católica, subscrevi a carta que 276 católicas e católicos dirigiram ao episcopado português para que, em consonância e decididamente, tomassem “a iniciativa de organizar uma investigação independente sobre os crimes de abuso sexual na Igreja”.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This