“Num diálogo fraterno”

30 laureados com o Prémio Nobel da Paz intervêm no segundo Encontro Mundial sobre a Fraternidade Humana

| 8 Mai 2024

Uma das ideias do encontro é “trazer a inteligência de volta para discutir a pessoa humana num mundo que está a dissolver-se.” Foto © Truthseeker08 / Pixabay

Um diálogo fraterno sobre as questões mais prementes do mundo contemporâneo é o mote para o próximo Encontro Mundial sobre a Fraternidade Humana, que se realizará nos próximos dias 10 e 11 de maio no Vaticano e em Roma. Intitulado #BeHuman e organizado pela Fundação Fratelli Tutti, reunirá 30 laureados com o Prémio Nobel da Paz, que elaborarão uma “Carta da Humanidade” acerca da convivência fraterna em tempos de incerteza e medo.

“Temos de trazer a inteligência de volta para discutir a pessoa humana num mundo que está a dissolver-se e é marcado pelo capitalismo financeiro, por uma tecnologia que se tornou um fim em vez de um meio, e pela ganância”, afirmou o cardeal Mauro Gambetti, arcipreste da Basílica de São Pedro, do Vaticano, citado pelo Vatican News. “Há necessidade de uma reflexão que abarque todas as situações de forma integral e de nos reconhecermos como irmãos e irmãs para caminharmos juntos”, acrescentou.

O encontro incluirá 12 mesas redondas temáticas. Uma delas será a “Mesa da Paz”, na qual intervém o secretário de Estado da Santa Sé, cardeal Pietro Parolin, para além de vários ativistas de direitos humanos e organizações, galardoados com o Prémio Nobel da Paz, Os participantes serão também recebidos em audiência, no sábado, 11 de maio, pelo Papa Francisco e, depois, pelo Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella, no Palácio do Quirinal,

Já o Papa Francisco estará presente na mesa-redonda “Crianças: Geração Futura”. Os outros painéis abordarão temas como a cooperação, a sustentabilidade e as empresas, a agricultura, a educação, o desporto, a saúde, o emprego, a administração, os meios de comunicação social e a informação. Nas mesas redondas, são aguardadas intervenções, acrescenta a mesma notícia, do economista Jeffrey Sachs, do treinador da seleção italiana de futebol, Luciano Spalletti, do diretor executivo da Fiat, Olivier François, e do banqueiro de economia virtual, Victor Ammer.

Segundo a Catholic News Agency, também Tom Brady, ex-jogador de futebol americano e Garth Brooks, cantor country, entre outras celebridades, se encontrarão com o Papa Francisco no âmbito do Encontro da Fraternidade, igualmente durante a manhã de sábado. Brady falará ainda sobre desporto, às 16 horas desse dia. Já Brooks cantará alguns dos seus êxitos na Praça de S. Pedro, a partir das 21h30.

Todos os painéis serão abertos ao público e poderão ser acompanhados digitalmente através da página da Fundação Fratelli Tutti, mediante inscrição prévia.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This