Noite de dia 30 de dezembro

50 anos depois, Comunidade da Capela do Rato celebra vigília pela paz

| 28 Dez 2022

Capela do Rato, Vigília, Paz,

Capela do Rato, nos 50 anos da vigília pela paz de 30-31 Dezembro 1972. Foto © Cláudia Teixeira/Comissão Comemorativa 50 Anos 25 Abril.

 

A Comunidade da Capela do Rato, em Lisboa, vai celebrar no dia 30 de dezembro, às 21h, uma vigília de oração pela paz inspirada na mensagem do Papa Francisco para o 56ª dia Mundial da Paz, “Ninguém pode salvar-se sozinho”, e recordando a vigília pela paz que ali teve lugar há 50 anos, em plena ditadura marcelista.

“Tal como no passado, também agora queremos rezar e comprometermo-nos pela urgência da paz”, lê-se no texto de divulgação daquela iniciativa, que prossegue: “No horror e na crueldade dos ataques à Ucrânia, em pleno tempo pós-covid, com a ameaça da escalada nuclear, num mundo ferido por tantas guerras, perseguições e mortes, (…) crentes e não crentes, homens e mulheres de boa vontade, cristãos de diversas tradições, todos juntos somos convidados a um sentir comum, a ‘um nós’ aberto à fraternidade universal que acredita e luta pela paz”.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Santa Eufémia: comer a marrã, pagar promessas e receber certificados

Lavandeira, Carrazeda de Ansiães

Santa Eufémia: comer a marrã, pagar promessas e receber certificados novidade

romaria em honra de Santa Eufémia, na aldeia de Lavandeira, em Carrazeda de Ansiães, carrega consigo inúmeros segredos. A festa só tem lugar em meados de setembro, mas foi agora objeto de um estudo publicado na Revista Memória Rural, do Museu da Memória Rural,  que recorda a tradição da carne de porco grelhada (a marrã), das promessas e dos certificados da missa celebrada pelo familiar defunto.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This