Pela primeira vez

Igreja sul-coreana pede perdão por atrocidades na guerra do Vietname

| 9 Fev 2023

bispo coreano Peter Lee, em visita ao Vietname, foto giaophanlangson.net

O bispo sul-coreano Peter Lee, acompanhado pelo bispo vietnamita Joseph Cha Ngoc Tri e por diversos padres de ambos os países. Foto © giaophanlangson.net.

 

Um bispo católico sul-coreano pediu perdão ao povo do Vietname pelas atrocidades cometidas pelos soldados do seu país durante a guerra liderada pelos Estados Unidos, entre 1964 e 1973.

“Em nome da Igreja Católica na Coreia do Sul, peço desculpas à Igreja no Vietname, disse o bispo Peter Lee Ki-Heon, de Uijeongbu, que visitou esta semana a diocese de Lang Son Cao Bang, no norte do país, juntamente com uma delegação de 12 padres.

Esta foi a primeira vez que um bispo coreano pediu desculpas às vítimas vietnamitas pelos massacres perpetrados durante a guerra, em que aproximadamente 350 mil soldados sul-coreanos lutaram ao lado das forças dos EUA, assinala a UCA News.

Peter Lee, 76 anos, é presidente da Comissão Episcopal Especial para a Reconciliação do Povo Coreano da Conferência Episcopal Católica da Coreia.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

O aumento da intimidação católica

O aumento da intimidação católica novidade

A intimidação nos meios católicos está a espalhar-se por todos os Estados Unidos da América. No exemplo mais recente, a organização Word on Fire, do bispo de Minnesota, Robert Barron, ameaçou a revista Commonweal e o teólogo Massimo Faggioli por causa de um ensaio de Faggioli, “Será que o Trumpismo vai poupar o Catolicismo?”

“Desmasculinizar a Igreja?”

Pré-publicação

“Desmasculinizar a Igreja?” novidade

“Desmasculinizar a Igreja?” – Análise crítica dos “princípios” de Hans Urs von Balthasar” é o título do livro que será publicado pela Paulinas Editora e que será apresentado na Feira do Livro de Lisboa, no próximo domingo, dia 2 de junho, às 18 horas.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This