80 ONG assinam pacto para serem mais eficientes na luta pelo clima

| 25 Abr 20

Gota de água. Beatriz Sobral

Gota de água. Foto © Beatriz Sobral, aluna de Educação Moral e Religiosa Católica do Agrupamento de Escolas Abade de Baçal Bragança)

 

Mais de 80 Organizações Não Governamentais, incluindo algumas das principais instituições sociais católicas, assinaram um Pacto sobre o Clima, para promover uma “acção concertada, unificada e urgente para enfrentar as alterações climáticas”, através de uma revisão completa do modo de trabalhar.

O pacto foi anunciado a 22 de Abril, 50º Dia da Terra. Entre as organizações que aderiram, estão a Catholic Relief Services (CRS), equivalente à Cáritas, e o Serviço Jesuíta aos Refugiados (JRS, da sigla em inglês), noticia o Crux.

Sean Callahan, presidente da CRS, disse ao Crux que a ideia do Pacto começou num retiro para líderes de ONG. Em vez de encarar a luta pelo clima como uma competição, os líderes consideraram que deveriam colaborar uns com os outros e partilhar as melhores práticas.

As alterações climáticas “são um factor crítico”, afirmou Joan Rosenhauer, directora executiva do JRS/EUA. “Milhões de pessoas foram deslocadas à força por causa de acontecimentos climáticos significativos e outras foram lentamente expulsas das suas casas e meios de subsistência devido à alteração dos padrões climáticos.”

Reduzir emissões e resíduos, envolvendo os conselhos de administração nas questões relacionadas com os combustíveis fósseis e a desflorestação, e assegurando que as comunidades minoritárias e marginalizadas não sejam negligenciadas na programação são alguns dos compromissos.

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This