Obra de Herculano Alves

“A Bíblia em Portugal” é apresentada em Santarém

| 20 Nov 2021

Bíblia. Foto © Kiwihug/Unsplash

 

Os seis volumes da obra A Bíblia em Portugal, da autoria do frade capuchinho Herculano Alves, serão apresentados neste sábado, 20 de Novembro, no salão nobre da Câmara Municipal de Santarém, a partir das 16h, com uma conferência feita pela directora do Instituto Catolicismo e Globalização, Eugénia Abrantes. 

Esta obra é um trabalho de anos do biblista Herculano Alves. No primeiro tomo, abordam-se as “línguas da Bíblia” nos 23 séculos de traduções do texto; o segundo volume trata da Bíblia na Idade Média enquanto o terceiro abrange a história dos séculos XVI-XVII; no quarto, que corresponde praticamente à tese de doutoramento de Herculano Alves, aprofunda-se a história da tradução feita por João Ferreira Annes d’Almeida (1629-1690), o primeiro tradutor da Bíblia em português; o quinto tomo abrange os séculos XVIII e XIX, enquanto o último trata os séculos XX-XXI. 

A obra pretende fazer uma investigação sobre textos dispersos relativos à Bíblia, olhando para o texto a partir das perspectivas da história, diegese, edições, pastoral e liturgia, entre outras.

Membro da Ordem dos Frades Menores (franciscanos) Capuchinhos, Herculano Alves estudou Teologia em Toulouse (França), Filologia Românica em Coimbra e Ciências Bíblicas em Roma,antes de se doutorar em Teologia Bíblica, em Salamanca. Entre 1986 e 2011 deu aulas na Universidade Católica Portuguesa. Coordenou a tradução da Bíblia dos Capuchinhos (ed. Difusora Bíblica), para a qual também traduziu vários livros bíblicos. 

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Espiritualidade e ecologia, uma nova abordagem

Debates em Lisboa

Espiritualidade e ecologia, uma nova abordagem novidade

A responsabilidade e o princípio da precaução, a espiritualidade ligada à ecologia, leituras sobre As Vidas dos Animais, de J.M. Coetzee ou a Caminhada, de Henry D. Thoreau – estas são alguma das propostas do ciclo “Diálogos entre Ética, Ecologia e Espiritualidade”, proposto pelo Foco de Conversão Ecológica da Capela do Rato (Lisboa), que se inicia nesta terça-feira, 17 de Maio.

Repressão contra uigures não para

China

Repressão contra uigures não para novidade

O município de Konasheher, no centro da região uigur chinesa (Xinjiang), detém, segundo um levantamento da Associated Press (AP), a maior taxa de prisão conhecida no mundo: mais de 10.000 uigures (um em cada 25 habitantes) estão presos, acusados pelos tribunais chineses de atos de terrorismo.

“Os pássaros não são reais”

[Os Dias da Semana]

“Os pássaros não são reais” novidade

Uma entrevista concedida por um ex-agente da CIA, Eugene Price, tornaria credível uma acusação que, desde 2017, tinha vindo a ser amplamente difundida nos Estados Unidos da América por um movimento intitulado Birds Aren’t Real. Eugene Price corrobora que a CIA dizimou os pássaros do país, substituindo-os por imitações tecnológicas, drones emplumados cumprindo uma função de vigilância.

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This