Investigação do diretor do 7Margens

“A Caixa de Correio de Nossa Senhora” vence prémio Gazeta

| 30 Jun 2021

Correio de Nossa Senhora, capa da revista E, do Expresso de 4 de janeiro de 2020, com a primeira parte da reportagem.

“A caixa de correio de Nossa Senhora”, um trabalho de investigação da autoria de António Marujo, diretor do 7MARGENS, deu a este jornalista o prémio Gazeta de Imprensa, a mais prestigiada distinção do jornalismo impresso, em Portugal.

O trabalho, que foi publicado no semanário Expresso de 4 de janeiro e 1 de fevereiro de 2020, incidiu sobre o período compreendido entre 1940 e 1977, tendo o jornalista analisado cerca de 50 mil mensagens deixadas, em muitos casos, na “peanha de Nossa Senhora” existente junto à Capela das Aparições, ou enviadas para o Santuário de Fátima. O autor deu especial atenção ao período da Guerra Colonial, que motivou um número significativo de missivas a pedir que os soldados regressassem “sãos e salvos” para junto dos seus familiares. Dessa reportagem, resultou um livro também intitulado A Caixa de Correio de Nossa Senhora, publicado pelo Círculo de Leitores/Temas e Debates.

A investigação jornalística de António Marujo já teve eco internacional. De facto, a 13 de maio, o Catholic Herald, jornal da Igreja Católica em Inglaterra, publicou uma síntese do trabalho que está disponível em linha; o mesmo aconteceu dez dias depois, em Espanha, na revista católica Vida Nueva, que dedicou as oito páginas centrais ao tema; finalmente, a 3 de junho, o jornal The Irish Catholic, da Igreja Católica na Irlanda, publicou também uma página com o resultado da investigação. Em cada um dos casos, o autor dava destaque a cartas oriundas dos respetivos países, relacionadas com questões de fé, saúde, emprego, política ou relações pessoais.

Os prémios Gazeta são uma iniciativa do Clube de Jornalistas, nesta edição com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, e têm uma periodicidade anual; devido à pandemia, esta edição abarcou os anos de 2019 e 2020, tendo em conta que no ano passado não houve atribuição do galardão.

Além do Gazeta de Imprensa que coube a António Marujo, é a seguinte a lista de premiados: Televisão: João Pedro Mendonça (RTP); Rádio: Carolina Ferreira e Miguel Soares (Antena 1); Multimédia: João Francisco Gomes e Sónia Simões (Observador); Fotografia: José Sena Goulão (Lusa); Revelação: Andreia Friaças (Público); Imprensa regional: O Gaiense. O prémio Gazeta de Mérito foi atribuído à jornalista Diana Andringa pela “longa e multifacetada carreira”, “consolidada na RTP”, segundo o comunicado do júri.

Os prémios deverão ser entregues aos galardoados numa sessão a realizar no início do Outono.

 

Silêncio: a luz adentra no corpo

Pré-publicação 7M

Silêncio: a luz adentra no corpo novidade

A linguagem não é só palavra, é também gesto, silêncio, ritmo, movimento. Uma maior atenção a estas realidades manifesta uma maior consciência na resposta e, na liturgia, uma qualidade na participação: positiva, plena, ativa e piedosa. Esta é uma das ideias do livro Mistagogia Poética do Silêncio na Liturgia, de Rafael Gonçalves. Pré-publicação do prefácio.

pode o desejo

pode o desejo novidade

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo I do Advento A. Hospital de Santa Marta, Lisboa, 26 de Novembro de 2022.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Bahrein

Descoberto mosteiro cristão sob as ruínas de uma mesquita

Há quem diga que este é o “primeiro fruto milagroso” da viagem apostólica que o Papa Francisco fez ao Bahrein, no início de novembro. Na verdade, resulta de três anos de trabalho de uma equipa de arqueólogos locais e britânicos, que acaba de descobrir, sob as ruínas de uma antiga mesquita, partes de um ainda mais antigo mosteiro cristão.

Manhã desta quinta-feira, 24

“As piores formas de trabalho infantil” em conferência

Uma conferência sobre “As piores formas de trabalho infantil” decorre na manhã desta quinta-feira, 24 de Novembro (entre as 9h30-13h), no auditório da Polícia Judiciária (Rua Gomes Freire 174, na zona das Picoas, em Lisboa), podendo assistir-se também por videoconferência. Iniciativa da Confederação Nacional de Ação Sobre o Trabalho Infantil (CNASTI), em parceria com o Instituto de Apoio à Criança (IAC), a conferência pretende “ter uma noção do que acontece não só em Portugal, mas também no mundo acerca deste tipo de exploração de crianças”.

Porque não somos insignificantes neste universo infinito

Porque não somos insignificantes neste universo infinito novidade

Muitas pessoas, entre as quais renomados cientistas, assumem frequentemente que o ser humano é um ser bastante insignificante, senão mesmo desprezível, no contexto da infinitude do universo. Baseiam-se sobretudo na nossa extrema pequenez relativa, considerando que o nosso pequeno planeta não passa de um “ponto azul” situado num vasto sistema solar.

Mais do que A Voz da Fátima

Pré-publicação

Mais do que A Voz da Fátima

Que fosse pedido a um incréu um texto de prefácio para um livro sobre A Voz da Fátima, criou-me alguma perplexidade e, ao mesmo tempo, uma vontade imediata de aceitar. Ainda bem, porque o livro tem imenso mérito do ponto de vista histórico, com o conjunto de estudos que contém sobre o jornal centenário, mas também sobre o impacto na sociedade portuguesa e na Igreja, das aparições e da constituição de Fátima e do seu Santuário como o centro religioso mais importante de Portugal. Dizer isto basta para se perceber que não é possível entender, no sentido weberiano, Portugal sem Fátima e, consequentemente, sem o seu jornal.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This