200 participantes na Terceira

“A catequese é muito mais do que o ensino de regras ou fórmulas”, mostra nova formação para catequistas

| 23 Jan 2024

200 catequistas estiveram na formação Ser Catequista, que decorreu no seminário de Angra (ilha Terceira), janeiro 2024. Foto Serviço Diocesano de Apoio à Evangelização, Catequese e Missões - Angra

Numa mensagem enviada a todos os participantes no curso, o bispo de Angra, Armando Domingues, agradeceu a “missão e entrega de cada um” e lembrou que “ser catequista” é mais do que “dar catequese”. Foto © Serviço Diocesano de Apoio à Evangelização, Catequese e Missões – Angra

 

Cerca de duas centenas de catequistas realizaram, durante a semana que passou, no seminário de Angra (ilha Terceira), a formação “Ser Catequista”, que corresponde à primeira etapa do novo plano de formação para a catequese em Portugal. A ação visou mostrar que “a catequese é muito mais do que o ensino de regras ou fórmulas”, mas sobretudo “fazer caminho com as crianças” e também com as famílias, adianta um comunicado do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC), enviado ao 7MARGENS nesta terça-feira, 23 de janeiro.

“Ser catequista é ser o grande aventureiro de Deus, é ser aquele ousado homem e mulher que decide que quer tornar presente Jesus Cristo vivo na vida de cada criança ou jovem”, afirma Fernando Moita, diretor do SNEC, citado no comunicado. Mas o catequista tem de ser, ao mesmo tempo, alguém que procura recuperar o “papel evangelizador da família”, defende.

“Temos de fazer com que a família recupere este papel evangelizador e por isso caminhar com a família é imprescindível. E, nesta ótica, temos de tornar a catequese mais catecumenal, porque é um caminho, e carismática porque regressa ao essencial que é Jesus”, explica Fernando Moita, que foi um dos formadores nesta ação.

Numa mensagem enviada a todos os participantes, o bispo de Angra, Armando Domingues, agradeceu a “missão e entrega de cada um” e lembrou que “ser catequista” é mais do que “dar catequese”.

Apelando igualmente a um “trabalho prioritário junto das famílias” pois “não são todas iguais nem estão todas ao mesmo nível de fé”, o bispo assinalou que “é um erro pensarmos que sim, como é um erro pensar que todas as crianças apreendem tudo da mesma forma, mesmo que façam a primeira comunhão juntos. Muitas fazem ritos antes de serem discípulos de Jesus”, lembrou.

No próximo mês de abril, este mesmo percurso formativo chegará também aos catequistas da ilha do Pico.

 

Por um mundo que acolha as pessoas refugiadas

Dia Mundial do Refugiado

Por um mundo que acolha as pessoas refugiadas novidade

Dia 20 de Junho é dia de homenagearmos todos aqueles e aquelas que, através do mundo, se veem obrigados e obrigadas a fugirem do seu lar, a suspenderem a vida e a interromperem os seus sonhos no lugar que é o seu. Este é o dia de homenagearmos a força e a coragem desses homens e mulheres – tantos jovens e crianças, meu Deus! – que arriscam a vida na procura de um lugar que os acolha.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres

Uma religiosa e duas leigas

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres novidade

Pela quarta vez consecutiva, o papel das mulheres na Igreja voltou a estar no centro dos trabalhos do Papa e do seu Conselho de Cardeais – conhecido como C9 -, que se reuniu no Vaticano nos últimos dois dias, 17 e 18 de junho. Tratou-se de uma reflexão não apenas sobre as mulheres, mas com as mulheres, dado que – tal como nas reuniões anteriores – estiveram presentes três elementos femininos naquele que habitualmente era um encontro reservado aos prelados.

Liga Operária Católica apela aos trabalhadores que se sindicalizem

Reunida em Seminário Internacional

Liga Operária Católica apela aos trabalhadores que se sindicalizem novidade

“Precisamos que os sindicatos sejam mais fortes e tenham mais força nas negociações e apelamos a todos os os trabalhadores a unirem-se em volta das suas associações”. A afirmação é dos representantes da Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC), que estiveram reunidos no passado fim de semana no Museu da Central do Caldeirão, em Santarém, para o seu Seminário Internacional.

Escravatura e racismo: faces da mesma moeda

Escravatura e racismo: faces da mesma moeda novidade

Nos últimos tempos muito se tem falado e escrito sobre escravatura e racismo no nosso país. Temas que nos tocam e que fazem parte da nossa história os quais não podemos esconder. Não assumir esta dupla realidade, é esconder partes importantes da nossa identidade. Sim, praticámos a escravatura ao longo de muitos séculos, e continuamos a fechar os olhos a situações de exploração de pessoas imigradas, a lembrar tempos de servidão.[Texto de Florentino Beirão]

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This