Eunice Muñoz (1928-2022)

“A coisa mais importante é o amor”

| 18 Abr 2022

Eunice Muñoz começou por perguntar onde estará o mistério da linguagem universal da Bíblia? E qual será o ingrediente mágico que o texto bíblico tem para continuar a emocionar? O segredo, dirá, é revelado na passagem que a própria actriz lê a seguir: o chamado “hino à caridade”, da Primeira Carta de Paulo aos Coríntios.

Iniciativa da Sociedade Bíblica Portuguesa que colocou milhares de pessoas a copiar a Bíblia à mão, a gala de abertura da Bíblia Manuscrita, que decorreu na Aula Magna da Universidade de Lisboa, contou com a participação de Eunice Muñoz, acompanhada pela flauta de Rão Kyao. Incisiva ou melodiosa, poética e quente, foi desse modo que, no final de 2004, a actriz, que morreu sexta-feira, 15 de Abril, deu corpo e densidade às palavras do apóstolo Paulo: “Agora existem três coisas: fé, esperança e caridade – e amor; a mais importante, a mais importante é o amor.”

A propósito da morte de Eunice Muñoz, a Sociedade Bíblica disponibilizou na sua página e no canal YouTube o vídeo dessa leitura – melhor se diria, dessa vivificação –, que o 7MARGENS aqui também reproduz:

 

Nascida em 30 de Julho de 1928, na Amareleja (Moura, Alentejo), Eunice Muñoz dedicou-se ao teatro ainda criança, a partir dos 13 anos, estreando-se no Teatro Nacional D. Maria II, na altura a convite de Amélia Rey Colaço, outra das mais importantes actrizes portuguesas.

Eunice Muñoz. Foto © Arlindo Homem

Eunice Muñoz. Foto © Arlindo Homem

Com uma vida rica na interpretação de papéis que a consagraram como uma das maiores actrizes portuguesas – entre os quais, por exemplo, o da protagonista de Mãe Coragem e os Seus Filhos, de Bertolt Brecht – dizia, em entrevista ao Público : “Aceito tudo o que a vida me deu e fico grata a Deus por tudo o que tive e tenho.”

As exéquias de Eunice Muñoz terão lugar nesta terça-feira, 19, a partir das 15h, na Basílica da Estrela, em Lisboa, onde o corpo está a ser velado desde o final da tarde de segunda-feira. O funeral seguirá depois para o Alto de São João, também em Lisboa. O Governo decretou que esta terça-feira é dia de luto nacional em memória da actriz.

 

 

 

 

 

 

 

 

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

7MARGENS antecipa estudo

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas novidade

Ao basear-se em inquéritos junto das famílias, as estatísticas oficiais em Portugal não captam as situações daqueles que não vivem em residências habituais, como as pessoas em situação de sem-abrigo, por exemplo. E é por isso que “subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia a Cáritas Portuguesa na introdução ao seu mais recente estudo, que será apresentado na próxima terça-feira, 27 de fevereiro, na Universidade Católica Portuguesa do Porto.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra

Atividades abertas a todos

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra novidade

Empenhado em ser “um lugar onde a Cultura e a Espiritualidade dialogam com a cidade”, o Seminário de Coimbra acolhe, na próxima segunda-feira, 26, a atividade “Humanizar através do teatro – A Importância da Compaixão” (que inclui a representação de uma peça, mas vai muito além disso). Na terça-feira, dia 27, as portas do Seminário voltam a abrir-se para receber o biólogo e premiado fotógrafo de natureza Manuel Malva, que dará uma palestra sobre “Salvar a natureza”. 

Era uma vez na Alemanha

Era uma vez na Alemanha novidade

No sábado 3 de fevereiro, no centro de Berlim, um estudante judeu foi atacado por outro estudante da sua universidade, que o reconheceu num bar, o seguiu na rua, e o agrediu violentamente – mesmo quando já estava caído no chão. A vítima teve de ser operada para evitar uma hemorragia cerebral, e está no hospital com fracturas em vários ossos do rosto. Chama-se Lahav Shapira. [Texto de Helena Araújo]

Vitrais e escultura celebram videntes de Fátima na Igreja da Golpilheira

Inaugurados dia 25

Vitrais e escultura celebram videntes de Fátima na Igreja da Golpilheira novidade

A comunidade cristã da Golpilheira – inserida na paróquia da Batalha – vai estar em festa no próximo domingo, 25 de fevereiro, data em que serão inaugurados e benzidos os novos vitrais e esculturas dos três videntes de Fátima que passarão a ornamentar a sua igreja principal – a Igreja de Nossa Senhora de Fátima. As peças artísticas foram criadas por autores nacionais, sob a coordenação do diretor do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima, Marco Daniel Duarte.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This