A Deus, Xexão

| 5 Abr 2021

Maria da Conceição Moita, Xexão. Foto: Direitos reservados 

 

Creio que foi o sorriso,
o sorriso foi quem abriu a porta.

 Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
entrar nele, tirar a roupa, ficar
nu dentro daquele sorriso.

 Correr, navegar, morrer naquele sorriso.

(Eugénio de Andrade,
O Outro Nome da Terra)

 

 

O sorriso da Xexão já não está entre nós – e o nosso mundo ficou mais desamparado.
O Eugénio de Andrade que me desculpe, mas o último verso está errado: o que apetecia mesmo era viver naquele sorriso. Esse sorriso acolhedor e tranquilo, inteligente e sábio, que abria a porta e nos fazia sentir em casa.

Procurei sinais da Xexão no seu mural de Facebook. O seu último post era uma partilha de imagens do herbário de Lourdes Castro: a beleza da vida desenhada pelo jogo da luz e da sombra.

Era um sorriso com muita luz lá dentro, e convidava-nos a transformar as nossas sombras em beleza.

A Deus, Maria da Conceição Moita. Obrigada por todos os sorrisos.

Xexão

Uma das imagens do herbário de Lourdes Castro, partilhadas por Maria da Conceição Moita na sua última publicação no Facebook

 

Helena Araújo é autora do blogue Dois Dedos de Conversa, de onde este texto é reproduzido.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“Ucrânia tem direito à defesa, mas só meios militares é um risco”

Comissões Justiça e Paz da Europa

“Ucrânia tem direito à defesa, mas só meios militares é um risco” novidade

“O direito da Ucrânia a defender-se é indiscutível e todos os fornecimentos de armas que permitam a sua defesa no quadro dos imperativos da proporcionalidade e do direito humanitário internacional são legítimos”, diz a plataforma católica Justiça e Paz Europa. No entanto, “os meios militares, por si só, não podem trazer uma paz duradoura”.

A hermenêutica de Jesus (3): Jesus e as Parábolas

A hermenêutica de Jesus (3): Jesus e as Parábolas novidade

O ensino das sagradas escrituras na época de Jesus era uma prática comum entre o povo judeu. Desde cedo, os rabinos ensinavam às crianças a leitura e escrita da Torá e a memorizar grandes porções da mesma. Entre as várias técnicas de ensino, estava a utilização de parábolas.

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This