“A Economia de Francisco: o Santo, o Papa e Nós” – um curso sobre pensamento social e económico católico

| 2 Mar 21

a economia de francisco cartaz

O cartaz da iniciativa internacional, em Novembro. O curso pretende trazer a reflexão para Portugal.

 

O núcleo português que participou no encontro A Economia de Francisco, que decorreu em Novembro por iniciativa do Papa, promove, a partir desta quarta-feira, 3 de Março, a sua primeira iniciativa no país: um curso com o título genérico “A Economia de Francisco: o Santo, o Papa e Nós”.

A sua intenção é “aprofundar o que está por detrás” da nova economia que o encontro de Novembro pretendia propor: “A vida e o pensamento de São Francisco de Assis, o pensamento social da Igreja, com destaque para as últimas encíclicas do Papa Francisco e, ainda, dar a conhecer testemunhos de quem já vive este caminho de trabalhar pelo bem comum: organizações, empresas, famílias e indivíduos.”

Os módulos propostos abordarão os escritos de São Francisco (dias 3 e 10, com o frade franciscano Hermínio Araújo, as encíclicas Laudato Si’ (dia 17, Margarida Alvim) e Fratelli Tutti (dia 24, padre jesuíta José Frazão) e uma síntese do pensamento social católico (7 de Abril, Octávio Carmo). Entre 14 de Abril e 5 de Maio, os participantes no encontro A Economia de Francisco falarão sobre experiências que estão a ser concretizadas. Informações sobre o programa e inscrições podem ser feitas na página da iniciativa.

O núcleo português d’A Economia de Francisco está também a dinamizar a participação na nova EoF News Agency, uma agência de notícias dedicada à divulgação sobre as “novas estratégias, mais humanas, inclusivas e sustentáveis, que diferem do pensamento dominante nos sistemas económicos actuais”.

A agência, promovida pela estrutura internacional do encontro (Economy of Francis, no nome inglês), pretende “agregar exemplos das melhores práticas a nível local e divulgá-los a uma dimensão global”, de modo a “inspirar, globalmente, mais pessoas a serem mais activas, superando os desafios globais do mundo moderno e dando mais um passo em direção à conquista do Bem Comum”.

 

Roma, temos um problema, e este livro ajuda a entendê-lo

Abusos sexuais na Igreja

Roma, temos um problema, e este livro ajuda a entendê-lo novidade

Roma, Temos um Problema pode ser apresentado em quatro partes, assumidas aliás pela organização que o autor lhe dá: um primeiro levantamento histórico; uma segunda parte sobre casos marcantes a nível internacional, incluindo alguns pouco conhecidos; e uma terceira parte sobre os casos portugueses até agora vindos a público. Em síntese, faz-se uma descrição e análise de causas e consequências sobre o que aconteceu em 20 séculos de história do cristianismo (sobretudo ocidental).

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Uma Teofania nos corações humanos

Uma Teofania nos corações humanos novidade

A Epifania é celebrada pelas Igrejas Ortodoxas a 6 de Janeiro no calendário Juliano (19 no calendário Gregoriano), 12 dias após a Festa do Natal. A banalização da festa do Natal inscreveu-a no imaginário do espírito humano, sobrevalorizando-o e operando a sua dessacralização em detrimento do Espírito de Deus.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This