Editorial

À escuta dos leitores – um inquérito do 7M sobre o Sínodo dos bispos católicos

| 24 Set 21

Hoje, a meio da manhã, todos os leitores receberão um inquérito organizado pelo 7MARGENS como forma de auscultação de quem nos tem acompanhado nesta aventura editorial que iniciámos há dias, relacionada com o Sínodo dos Bispos que se inicia no próximo dia 9 de outubro. É a primeira vez que tomamos uma iniciativa deste género. A importância do Sínodo católico justifica-a. O desejo de envolver os leitores na vida do 7MARGENS torna-a urgente. A certeza de que todos aprenderemos com as respostas recebidas é o seu fundamento.

“O Vento sopra onde quer”, lembrávamos no Editorial do dia 20 de setembro. Esperamos que este inquérito seja uma janela aberta para deixar entrar esse Vento que renova todas as coisas. E que muitas outras janelas se abram durante estes 24 meses do trajeto sinodal. Sim, o caminho é longo, pois só termina em finais de 2023, mas a urgência é muita e é preciso dar já os primeiros passos, não ficar à espera que aconteça, mas fazer acontecer.

O exercício e a importância da escuta têm sido sublinhados pelo Papa Francisco como fundamentais para uma comunidade que se entende como tendo uma palavra significativa para anunciar ao mundo. Só na escuta dos anseios do mundo, das suas angústias e das esperanças, a Igreja Católica e todos os cristãos entenderão melhor qual pode ser a sua missão na fidelidade ao Evangelho que dizem transportar.  

A resposta está aberta a todos os leitores do 7MARGENS. Não apenas aos católicos. Ouvir todos aqueles com quem os católicos partilham este tempo e que se queiram pronunciar, ajuda a perceber melhor e mais fundo as expectativas com que olham para as comunidades católicas. É também por isso que, “não sendo nem um jornal confessional e muito menos um jornal católico”, o 7MARGENS não poderia deixar de estar atento e interveniente perante um acontecimento que já foi classificado como “talvez o mais audacioso projeto” do pontificado do atual Papa.

Daremos às respostas dos leitores, depois de convenientemente tratadas, o destaque que merecem. Quer no 7MARGENS quer para além dele. Tencionamos, a partir delas, promover encontros em que possamos regressar às temáticas do Sínodo e, assim, fortalecer também a rede que tem suportado esta iniciativa editorial.

Participe! Responda ao inquérito. Ajude a construir um pensamento sobre onde estamos e que caminho queremos seguir. Contribua para vincar e fundamentar as prioridades desse caminho.

24/09/2021

 

Nós somos porque eles foram. E nós seremos nos que vierem a ser.

Nós somos porque eles foram. E nós seremos nos que vierem a ser. novidade

A homenagem aos que perderam as suas vidas nesta pandemia é uma forma de reconhecermos que não foram só os seus dias que foram precoce e abruptamente reduzidos, mas também que todos nós, os sobreviventes, perdemos neles um património imenso e insubstituível. Só não o perderemos totalmente se procurarmos valorizá-lo, de formas mais ou menos simbólicas como é o caso da Jornada da Memória e da Esperança deste fim-de-semana, mas também na reflexão sobre as nossas próprias vidas e as das gerações que nos sucederão.

Parlamento aprovou voto de solidariedade com vítimas da pandemia e iniciativa cidadã

Jornada da Memória e da Esperança

Parlamento aprovou voto de solidariedade com vítimas da pandemia e iniciativa cidadã novidade

A Assembleia da República (AR) manifestou o seu apreço pela Jornada de Memória e Esperança, que decorre neste fim-de-semana em todo o país, através de um voto de solidariedade com as vítimas de covid-19 e com as pessoas afectadas pela pandemia, bem como com todos os que ajudaram no seu combate, com destaque para os profissionais de saúde.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This