Berço da cultura asquenaze

Alemanha celebra inclusão de lugares judaicos no Patrimóno Mundial da UNESCO

| 6 Fev 2023

cemiterio judaico de mainz, alemanha, foto © Generaldirektion Kulturelles Erbe Rheinland-Pfalz

Cemitério judaico de Mainz, na Alemanha, um dos lugares que fazem agora parte da lista de Património Mundial da UNESCO. Foto © Generaldirektion Kulturelles Erbe Rheinland-Pfalz.

 

A Alemanha acaba de celebrar a inclusão dos primeiros lugares germano-judaicos na lista de Património Mundial da UNESCO. Situados na parte superior do vale do rio Reno, terá sido nestes locais que, no século XI, nasceu a cultura judaica asquenaze e começou a desenvolver-se o idioma iídiche (a língua franca dos judeus da Europa central e de leste).

O reconhecimento por parte da UNESCO tinha acontecido já em julho de 2021, mas devido à pandemia de covid-19, só na semana passada foi celebrado no país, noticia o jornal Jewish News esta segunda-feira, 6 de fevereiro.

Os lugares que integram agora a lista de Património Mundial ficam nas cidades alemãs de Mainz, Speyer e Worms, e incluem os antigos cemitérios de Mainz e Worms, a sinagoga de Worms, e o Speyer Judenhof, com o seu banho ritual medieval.

Estes locais são frequentemente referidos como monumentos “SchUM”, designação que junta as letras iniciais das cidades em hebraico: Speyer (Schpira), Worms (Uarmaisa) e Mainz (Magenza).

Durante a celebração, o Presidente alemão, Frank Walter-Steinmeier, referiu que “antes de 27 de julho de 2021, havia 49 sítios do Património Mundial” no país. “A lista refletia a diversidade da cultura e da natureza, mas tinha uma grande  lacuna: não havia monumentos culturais judaicos”, sublinhou.

Steinmeier destacou ainda que estes locais evidenciam como a história do judaísmo na Alemanha vai muito além do Holocausto e teve muitos momentos negativos, mas também positivos. As cidades de Speyer, Mainz e Worms foram palco de grandes massacres de judeus durante as Cruzadas e a epidemia de peste bubónica no século XIV, mas também abrigaram alguns dos mais importantes líderes do judaísmo europeu, como o famoso autor de comentários sobre a Torá, o rabino Shlomo Yitzhaki, conhecido como Rashi.

“Durante séculos, os judeus na Alemanha foram vistos como estranhos, como outros. Eles foram repetidamente humilhados, excluídos, privados de direitos, perseguidos, assassinados, mesmo antes de os nacional-socialistas e os seus carrascos voluntários quase terem eliminado completamente a vida judaica na Alemanha e na Europa”, disse Steinmeier, destacando que “os monumentos e lápides em Speyer, Worms e Mainz falam das profundas raízes dos judeus no nosso país, do florescimento da sua cultura, da autoafirmação e emancipação, dos tempos de coexistência pacífica com a maioria cristã”.

O Presidente alemão foi acompanhado na celebração por Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, uma judia francesa, filha de Andre Azoulay, um banqueiro judeu nascido em Marrocos, que é atualmente conselheiro do rei Mohammed VI de Marrocos.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

23 de março

Uma Via-Sacra especial em Guimarães novidade

A música de artistas portugueses como Pedro Abrunhosa, Marisa Liz e Tiago Bettencourt integrará uma Via-Sacra especial organizada pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Guimarães, e cujas receitas reverterão para o restauro de uma capela. A iniciativa está marcada para o próximo dia 23 de março.

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Uma Via-Sacra especial em Guimarães

23 de março

Uma Via-Sacra especial em Guimarães novidade

A música de artistas portugueses como Pedro Abrunhosa, Marisa Liz e Tiago Bettencourt integrará uma Via-Sacra especial organizada pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Guimarães, e cujas receitas reverterão para o restauro de uma capela. A iniciativa está marcada para o próximo dia 23 de março.

Uma ativista e uma catequista à conversa com uma teóloga e um padre

Uma ativista e uma catequista à conversa com uma teóloga e um padre novidade

Georgina perguntou-se sobre como explicar a dificuldade de relação dos bispos africanos com o mundo LGBTI+, Helena congratulou-se pela presença de leigos na aula sinodal, Serena sublinhou que a participação não se limita a “fazer parte”, inclui “tomar parte”. Aconteceu no Fórum Europeu de Grupos Cristãos LGBTI+, no qual participou Ana Carvalho.

O “Boletim Cinematográfico” na Igreja em Portugal – uma memória histórica

Os primórdios do movimento cinematográfico no seio da Igreja em Portugal

O “Boletim Cinematográfico” na Igreja em Portugal – uma memória histórica novidade

Este é o breve historial de uma publicação simples na sua forma de apresentação, mas que, ao durar persistentemente cerca de cinco décadas, prestou à cultura cinematográfica e à Igreja Católica em Portugal um serviço inestimável e indelevelmente ligado ao nome de Francisco Perestrello, agora falecido.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This