Viagem de estudo a Roma

Papa saudou alunos do Instituto Gregoriano de Lisboa

| 12 Fev 2023

papa francisco em encontro com instituicoes solidariedade em kinshasa congo, foto tvatican media

Papa Francisco na sua recente viagem ao Congo e Sudão do Sul. Foto © Vatican Media

 

O Papa Francisco saudou ontem, no seu Angelus, os alunos do Instituto Gregoriano de Lisboa. Os jovens estão em Roma para uma visita de trabalho no âmbito do concerto que cruza o canto gregoriano com música portuguesa do século XVII. São 22 alunos da Escola Artística e do Consort de Flautas de Bisel do Instituto Gregoriano de Lisboa (IGL), que cantarão gregoriano e executarão obras de compositores como Manuel Rodrigues Coelho, António Carreira, Pedro de Araújo ou Pedro de San Lorenzo, transcritas para flauta.

Depois do concerto de sábado, segue-se uma visita de estudo a Roma, entre 10 e 18 de Fevereiro. Ali, os 22 alunos terão possibilidade de ter aulas no Pontificio Istituto di Musica Sacra (PIMS), da Santa Sé, cantar gregoriano numa celebração de vésperas e numa missa, visitar a igreja de Santo António dos Portugueses ou realizar um concerto na basílica do próprio PIMS, repetindo o programa do próximo sábado. Para além de tudo isto, estiveram hoje no pensamento e oração do Papa Francisco, que referiu a presença do grupo em Roma.

 

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses

Sucedendo a José Diogo Ferreira Martins

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses novidade

A psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da direção nacional da Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP). A médica, que trabalha na Casa de Saúde do Telhal (Sintra) e é uma das responsáveis pelo Gabinete de Escuta do Patriarcado de Lisboa, foi eleita por unanimidade no passado sábado, 13 de abril, para o triénio 2024-2026.

A “afinidade” entre a música de intervenção e a mensagem de libertação cristã

Alfredo Teixeira em conferência dia 16

A “afinidade” entre a música de intervenção e a mensagem de libertação cristã novidade

Podem algumas canções de intervenção ligadas à Revolução de 25 de Abril de 1974 relacionar-se com o catolicismo? O compositor e antropólogo Alfredo Teixeira vai procurar mostrar que há uma “afinidade” que une linguagem bíblica e cristã à música de Zeca, José Mário Branco, Lopes-Graça, Adriano Correia de Oliveira, Sérgio Godinho e outros.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This