amados imperfeitos

| 21 Ago 22

breve comentário aos textos bíblicos lidos em comunidade | Domingo XXI do Tempo Comum C | Lisboa, 21 de Agosto de 2022.

António Pedro Monteiro | e-mail

últimos episódios

todo o poder que Deus não tem

todo o poder que Deus não tem

bBeve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo da Trindade B. Hospital de Santa Marta⁠, Lisboa, 25 de Maio de 2024.

Poeta e ativista uigur Tahir Hamut Izgil vence Prémio Internacional Václav Havel

Atribuído pela Human Rights Foundation

Poeta e ativista uigur Tahir Hamut Izgil vence Prémio Internacional Václav Havel novidade

O poeta e ativista uigur Tahir Hamut Izgil, autor de À Espera de Ser Preso Durante a Noite, foi galardoado com o Prémio Internacional Václav Havel de Dissidência, atribuído anualmente pela Human Rights Foundation (HRF).

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

A caminho de Santiago com León de Rosmithal

De Freixo de Espada à Cinta a Braga

A caminho de Santiago com León de Rosmithal novidade

Em março, 12 municípios assinaram um protocolo para revitalizar um caminho de Santiago ao longo de 230 quilómetros. Oito dessas autarquias são transmontanas. O 7MONTES foi ver o que os peregrinos podem descobrir de mais significativo ao atravessar Trás-os-Montes seguindo o trajeto que terá sido o do cavaleiro Léon de Rosmithal.

A cor do racismo

A cor do racismo novidade

O que espero de todos é que nos tornemos cada vez mais gente de bem. O que espero dos que tolamente se afirmam como “portugueses de bem” é que se deem conta do ridículo e da pobreza de espírito que ostentam. E que não se armem em cristãos, porque o Cristianismo está nas antípodas das ideias perigosas que propõem.

Há menos países a aplicar a pena de morte, mas número de execuções foi o mais elevado em quase uma década

Relatório 2023

Há menos países a aplicar a pena de morte, mas número de execuções foi o mais elevado em quase uma década novidade

A Amnistia Internacional (AI) divulgou na madrugada desta quarta-feira, 29 de maio, o seu relatório anual sobre a aplicação da pena de morte a nível mundial, que mostra que em 2023 “ocorreram 1.153 execuções, o que representa um aumento de mais de 30 por cento em relação a 2022”, sendo que “este valor não tem em conta os milhares de execuções que se crê terem sido realizados na China”. Este “foi o valor mais alto registado” pela organização “desde 2015, ano em que houve 1.634 pessoas executadas”.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This