Americana arrepende-se de se juntar ao ISIS e pede para voltar para casa

| 18 Fev 2019

Americana arrepende-se de se juntar ao ISIS e pede para voltar para casa

| 18 Fev 19

Uma mulher americana capturada pelo exército curdo depois de fugir da última zona pelo auto-denominado Estado Islâmico afirma que se “arrepende profundamente” de ter viajado para a Síria para se juntar ao grupo terrorista e pede que a deixem voltar para casa de família no Alabama, noticiou o The Guardian.

Hoda Muthana, 24 anos, era uma grande agitadora das redes sociais, onde dizia que o sangue dos americanos devia ser derramado, mas a jovem diz que foi “um grande erro” deixar a sua casa há quatro anos e que apenas o fez por ter sido sujeita a uma lavagem cerebral.

[related_posts_by_tax format=”thumbnails” image_size=”medium” posts_per_page=”3″ title=”Artigos relacionados” exclude_terms=”49,193,194″]

Breves

Boas notícias

Sessões de partilha apoiam cuidadores informais em Lisboa

Até março de 2025

Sessões de partilha apoiam cuidadores informais em Lisboa

O Espaço ComVida, um projeto-piloto da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa em São Domingos de Benfica, e o Instituto São João de Deus uniram-se para dinamizar sessões de partilha destinadas a cuidadores informais. A iniciativa decorre até março do próximo ano, depois do primeiro encontro ter sido realizado no passado dia 8 de julho.

É notícia 

Entre margens

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica?

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica? novidade

Na música, um dos ministérios mais estruturantes da liturgia católica, este paradigma mantém-se, embora com nuances particulares: salvo algumas (felizmente, cada vez mais) exceções, o ministério do canto, domingo a domingo, é, em Portugal, sustentado maioritariamente por mulheres e a regência dos coros é, preferencialmente, entregue a homens

Um casal em 2024

Um casal em 2024

“A D. Georgina e o Senhor Amaro comentam o trânsito dos jovens, ele irritado: isto é gente de fora, do karaté ou lá o que é, daquelas coisas chinesas de dar porrada. Ela, rancorosa: pois, deixam-nos vir para cá para aprenderem a fazer-nos mal, deviam era mandá-los a todos para a terra dele”. Um texto de Nuno Caiado, baseado num episódio real testemunhado em Lisboa.

Co-construir a esperança na humanidade

Co-construir a esperança na humanidade

Se os participantes da VIII Conferência Internacional de Sociodrama que aconteceu em Budapeste, entre os dias 26 e 30 de junho, podem ser considerados como uma amostra da humanidade, penso que este encontro nos trouxe esperança para o nosso futuro coletivo nesta Casa Comum de que somos parte.

Cultura e artes

De Santo Agostinho a Georges Lemaître: A verdade é filha do tempo

Livro

De Santo Agostinho a Georges Lemaître: A verdade é filha do tempo novidade

Vicente Ferreira percorre um longo itinerário do Bispo Santo Agostinho (354-430) até ao Padre George Lemaître (1894-1966), físico e matemático, acompanhado de uma consolidada bibliografia, resultando numa paciente e honesta investigação. O autor aparece como um peregrino em busca do sentido pleno da verdade da vida

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica?

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica? novidade

Na música, um dos ministérios mais estruturantes da liturgia católica, este paradigma mantém-se, embora com nuances particulares: salvo algumas (felizmente, cada vez mais) exceções, o ministério do canto, domingo a domingo, é, em Portugal, sustentado maioritariamente por mulheres e a regência dos coros é, preferencialmente, entregue a homens

Adaptação de espaço litúrgico em Santarém

Adaptação de espaço litúrgico em Santarém novidade

Sem entrar, ver e sentir ao vivo não me posso atrever a uma visão crítica da adaptação realizada na Catedral de Santarém, onde o novo altar utiliza mármore de Estremoz, com isso tendo provocado alguma polémica local. Deixo apenas algumas linhas que tenho refletidas para o curso de mestrado em arquitetura e liturgia em Santo Anselmo – Roma, no qual fui convidado a intervir. Apenas para elevar o debate impressivo das redes…!

Sete Partidas

Trabalho nunca será fácil

Trabalho nunca será fácil

Esta semana, enquanto despia a farda, para regressar a casa depois do dia de trabalho, subitamente assaltou-me uma ideia “a minha vida profissional nunca vai ficar fácil”. Incomodou-me o pensamento. Felizmente ninguém se cruzou comigo, saí e pude caminhar à sombra, até ao próximo “a fazer” do dia. As palavras, primeiro de sabor azedo, foram fazendo o caminho comigo. Dispersas e intrigantes. [Texto de Inês Patrício, Berlim]

Visto e Ouvido

Igreja tem política de “tolerância zero” aos abusos sexuais, mas ainda está em “processo de purificação”

D. José Ornelas

Bispo de Setúbal

Agenda

[ai1ec view=”agenda”]

Ver todas as datas

Fale connosco

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica?

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica? novidade

Na música, um dos ministérios mais estruturantes da liturgia católica, este paradigma mantém-se, embora com nuances particulares: salvo algumas (felizmente, cada vez mais) exceções, o ministério do canto, domingo a domingo, é, em Portugal, sustentado maioritariamente por mulheres e a regência dos coros é, preferencialmente, entregue a homens

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This