Campanha prossegue em Portugal

Amnistia Internacional entrega milhares de assinaturas pela libertação de músico angolano

| 24 Mai 2023

Gilson da Silva Moreira (também conhecido como Tanaice Neutro), foto Direitos reservados

Tanaice Neutro foi detido em janeiro de 2022. Foto: Direitos reservados.

 

A Amnistia Internacional Portugal (AI) entregou esta quarta-feira, 24 de maio, na Embaixada de Angola em Lisboa, uma petição com cerca de 2.200 assinaturas pela libertação do ativista Gilson da Silva Moreira (conhecido como Tanaice Neutro), músico angolano que usa a sua arte para expressar a opinião sobre questões sociais como pobreza, desigualdade, corrupção e má governação.

Serão entregues cópias das assinaturas nas Embaixadas de Angola em Madrid e em Pretória, na África do Sul, assim como no Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos em Angola, adianta a AI em comunicado enviado ao 7MARGENS.

Tanaice foi detido em janeiro de 2022 (acusado de injúria, associação criminosa, resistência contra funcionário público e rebelião), sendo que, em outubro, o tribunal condenou-o a um ano e três meses de pena suspensa e ordenou a sua libertação imediata, devido ao seu estado de saúde, o que até agora (um ano e cinco meses depois) não aconteceu, assinala a nota à imprensa.

Com a sua saúde a agravar-se, no passado dia 16 de maio foi entreposto pelo advogado do artista um pedido de habeas corpus que, até ao momento, não teve resposta, “e cujo prazo expirou na passada segunda-feira”.

Perante isto, a Amnistia Internacional Portugal criou uma ação urgente e uma petição, e esteve a recolher assinaturas ao longo da última semana, nomeadamente numa ação integrada nos concertos dos Coldplay que tiveram lugar em Coimbra
nos passados dias 17, 18, 20 e 21 de maio.

Além destas ações, a Amnistia Internacional continuará a trabalhar numa campanha pela libertação de Tanaice Neutro, que havia já sido iniciada no início deste mês [ver 7MARGENS], mas também pela liberdade de expressão e de manifestação pacífica em Angola.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres

Uma religiosa e duas leigas

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres novidade

Pela quarta vez consecutiva, o papel das mulheres na Igreja voltou a estar no centro dos trabalhos do Papa e do seu Conselho de Cardeais – conhecido como C9 -, que se reuniu no Vaticano nos últimos dois dias, 17 e 18 de junho. Tratou-se de uma reflexão não apenas sobre as mulheres, mas com as mulheres, dado que – tal como nas reuniões anteriores – estiveram presentes três elementos femininos naquele que habitualmente era um encontro reservado aos prelados.

Liga Operária Católica apela aos trabalhadores que se sindicalizem

Reunida em Seminário Internacional

Liga Operária Católica apela aos trabalhadores que se sindicalizem novidade

“Precisamos que os sindicatos sejam mais fortes e tenham mais força nas negociações e apelamos a todos os os trabalhadores a unirem-se em volta das suas associações”. A afirmação é dos representantes da Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC), que estiveram reunidos no passado fim de semana no Museu da Central do Caldeirão, em Santarém, para o seu Seminário Internacional.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This