Pelo aniversário do 25 de Abril

Amnistia Internacional oferece curso sobre o direito à liberdade

| 26 Abr 2023

Manifestação contra o regime iraniano. Foto © Amnesty International/Benjamin Girette. USAR SÓ COM TEXTOS DA AMNISTIA SOBRE O IRÃO.

O novo curso da Amnistia Internacional apresenta um enquadramento dos principais instrumentos internacionais que protegem os direitos à liberdade de expressão, de reunião e de manifestação pacífica, Foto © Amnesty International/Benjamin Girette. 

 

“Compreender os direitos humanos é o primeiro passo para os saber usufruir, reivindicar e proteger.” Foi com esta consciência que a equipa da Amnistia Internacional criou o curso “Protege a Liberdade”, disponibilizado na semana em que se celebra o 25 de Abril, em formato e-learning, em regime de autogestão, com a duração de 3 horas. A inscrição é gratuita e pode ser feita no sítio da organização.

O curso apresenta um enquadramento dos principais instrumentos internacionais que protegem os direitos à liberdade de expressão, de reunião e de manifestação pacífica, analisa o papel das forças de segurança nas manifestações e o modo de atuação pelo qual se devem reger, e impele os participantes a agirem na proteção daquele que não é um
privilégio, mas um direito de qualquer pessoa, a liberdade.

Esta formação realça ainda a atual campanha da Amnistia Internacional, “Protege a Liberdade”, dando a conhecer os casos de manifestantes, ativistas e defensores dos direitos humanos que, por defenderem a liberdade de expressão e de manifestação pacífica, acabaram por perder a sua.

 

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses

Sucedendo a José Diogo Ferreira Martins

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses novidade

A psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da direção nacional da Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP). A médica, que trabalha na Casa de Saúde do Telhal (Sintra) e é uma das responsáveis pelo Gabinete de Escuta do Patriarcado de Lisboa, foi eleita por unanimidade no passado sábado, 13 de abril, para o triénio 2024-2026.

Cristianismo e democracia

Cristianismo e democracia novidade

Em tempo de comemoração dos cinquenta anos da revolução de 25 de abril, penso dever concluir que o maior legado desta é o da consolidação do Estado de Direito Democrático. Uma consolidação que esteve ameaçada nos primeiros tempos, mas que se foi fortalecendo progressivamente. Esta efeméride torna particularmente oportuna a reflexão sobre os fundamentos éticos da democracia. [Texto de Pedro Vaz Patto]

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

A “afinidade” entre a música de intervenção e a mensagem de libertação cristã

Alfredo Teixeira em conferência dia 16

A “afinidade” entre a música de intervenção e a mensagem de libertação cristã novidade

Podem algumas canções de intervenção ligadas à Revolução de 25 de Abril de 1974 relacionar-se com o catolicismo? O compositor e antropólogo Alfredo Teixeira vai procurar mostrar que há uma “afinidade” que une linguagem bíblica e cristã à música de Zeca, José Mário Branco, Lopes-Graça, Adriano Correia de Oliveira, Sérgio Godinho e outros.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This