Apelo à mobilização

Amnistia Internacional pede fim da violência no Peru

| 29 Jan 2023

Amnistia Internacional, direitos humanos, Índia, UE

A Amnistia Internacional pede uma investigação imparcial, imediata e rigorosa às violações de direitos humanos e às mortes. Foto © Amnistia Internacional – Portugal

 

A Amnistia Internacional (AI) está a lançar um apelo para que os cidadãos se manifestem a favor do “fim da violência estatal no Peru e uma investigação imparcial, imediata e rigorosa às violações de direitos humanos cometidas no contexto destas manifestações, incluindo às mortes registadas”.

Neste sentido, a organização pede a todos os cidadãos que façam chegar uma mensagem, através de correio eletrónico, dirigido ao Embaixador do Peru em Portugal, Carlos Gil Montes, “expressando as preocupações face à atual situação de direitos humanos e de crise política”.

A atual situação no Peru teve início a 7 de dezembro, quando o Presidente Pedro Castillo anunciou a dissolução do Congresso, e o Tribunal Constitucional e o próprio Congresso rejeitaram essa dissolução, o que levou à destituição e prisão do Presidente e ao início de manifestações nas ruas face à atual crise política peruana. A resposta das autoridades às manifestações foi repressiva, diz a AI. A organização refere que, desde o dia 15 de dezembro, “têm chegado à Amnistia Internacional múltiplos relatos de violações de direitos humanos por parte das forças armadas nas manifestações, incluindo a utilização de tortura”, e que são já 40 as vítimas mortais, além de dezenas de feridos.

Além da violência para com a população, também os jornalistas se têm queixado de não lhes ser permitido fazer o seu trabalho, tendo já alguns relatado que a Polícia Nacional lhes apreendeu o equipamento de trabalho.

“Queremos o fim da violência estatal no Peru e uma investigação imparcial, imediata e rigorosa às violações de direitos humanos cometidas no contexto destas manifestações, incluindo às mortes registadas”, pede o escritório português da organização internacional.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil

Apelo internacional

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil novidade

Com o objetivo de “aumentar a assistência humanitária às comunidades afetadas pelas devastadoras inundações no Rio Grande do Sul, no Brasil”, a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) lançou um “apelo de emergência de cerca de oito milhões de euros”, anunciou a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), na última quarta-feira, 22 de maio.

A Dignidade da pessoa humana como prioridade

A Dignidade da pessoa humana como prioridade novidade

Na semana depois de Pentecostes é oportuno recordar a publicação da declaração Dignitas Infinita sobre a Dignidade Humana, elaborada durante cinco anos e divulgada pelo Dicastério para a Doutrina da Fé, pondo a tónica na dimensão universal, filosófica e antropológica, do respeito pela pessoa humana enquanto fator de salvaguarda dos direitos humanos, do primado da justiça e do reconhecimento de que todos os seres humanos como livres e iguais em dignidade e direitos.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This