Em causa acontecimentos de 1974

Antigo cardeal McCarrick acusado criminalmente de abusos

| 30 Jul 2021

O ex-cardeal Theodore McCarrick foi acusado criminalmente na quarta-feira por supostamente agredir sexualmente um menino de 16 anos durante uma recepção de casamento no Wellesley College em Massachusetts em 1974, de acordo com o Boston Globe.

McCarrick, de 91 anos de idade, foi um líder católico altamente respeitado antes que as alegações sobre o seu comportamento se tornassem públicas em 2018, após o que foi expulso do sacerdócio. Há muito que se presumia que McCarrick não seria acusado criminalmente, ou seja, nos tribunais civis, embora algumas pessoas tenham entrado com ações civis em Nova Iorque e Nova Jersey, alegando que McCarrick abusou delas sexualmente nesses estados quando eram crianças, por causa de questões de prescrição das queixas.

No entanto, de acordo com o Globe, que divulgou a história, McCarrick pode ser acusado criminalmente por estas alegadas agressões a Wellesley porque ele não era um residente de Massachusetts e a prescrição deste tipo de crimes foi interrompida quando ele deixou o estado. Na época do suposto incidente, McCarrick morava na reitoria anexa à Catedral de São Patrício na cidade de Nova Iorque relata o Globe, e por isso está sujeito a responder por estas acusações.

 

Autonomia, protagonismo e concorrência

[Debate 7M: A Igreja e os média–7]

Autonomia, protagonismo e concorrência novidade

É evidente que nem sempre a relação entre a hierarquia católica e os jornalistas leva em consideração o papel fundamental que estes profissionais desempenham no atual contexto de desinformação em massa. Isso não invalida que se reconheça uma melhoria na forma de projetar a comunicação, com maior profissionalismo nas estruturas católicas, apesar da sistemática dispersão de recursos e ausência de sinergias significativas.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Bispo impedido de entrar na Cúria da sua diocese, na Nicarágua

Pressões para calar Igreja

Bispo impedido de entrar na Cúria da sua diocese, na Nicarágua novidade

O bispo de Matagalpa, Nicarágua, Rolando Alvarez, que se tinha refugiado numa paróquia dos arredores de Manágua, no dia 19 de maio, devido a perseguição de forças policiais e que, nos dias seguintes, foi impedido de entrar na Cúria da sua diocese, reatou já a atividade pastoral normal. O bispo conseguiu sair na última segunda-feira, 23, para a sua diocese na parte noroeste do país, mas deparou com a sede da Cúria diocesana bloqueada, pelo que foi obrigado a alojar-se no seminário local.

Os jacarandás já estão em flor

[Nas margens da filosofia – XLV]

Os jacarandás já estão em flor novidade

Nos noticiários que diariamente nos informam da guerra não vemos campos de trigo nem flores – vemos feridos, famílias destroçadas, crianças e adolescentes que viajam sozinhos. Um dos meus netos que foi à Ucrânia buscar refugiados levou-os à praia, quando chegaram a Portugal. Vou sugerir que os leve a ver os jacarandás em flor pois, como diz o poeta (que traduzo livremente), “tudo quanto é belo é uma fonte perene de alegria.”

Tríptico e eco

Tríptico e eco novidade

É nesse momento de suspensão, de silêncio, em que deixamos de procurar activamente, entrando delicadamente no espaço-sem-espaço e no tempo-atemporal, que “mergulhamos com ele até ao fundo” e nos aproximamos do clarão do farol que dissolve as trevas ao varrer a noite [não fosse este jogo de escondidas e pensaríamos nós um dia ter já um domínio total e um conhecimento perfeito daquele que nos procura] para que, pelos vislumbres da beleza da sua presença, nos sintamos chamados a ir procurando mais e sempre de modo renovado.

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This