Bíblia da CEP

Apresentada nova tradução do Livro de Zacarias

| 2 Fev 2024

Livro de Zacarias Foto Proprofs

O livro, referem os tradutores, “costuma ser atribuído a mais de um profeta”, dado que “os capítulos 1-8 são diferentes de 9-14″. Foto © Proprofs

 

A comissão que coordena a nova tradução da Bíblia da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) lançou esta quinta-feira, 1 de fevereiro, o texto provisório do Livro de Zacarias, texto do Antigo Testamento que apresenta “várias linhas de pensamento messiânico”.

O livro, referem os tradutores, “costuma ser atribuído a mais de um profeta”, dado que “os capítulos 1-8 são diferentes de 9-14. Os primeiros poderão ser atribuídos ao profeta Zacarias; os últimos devem pertencer a um profeta anónimo mais recente, geralmente designado com o nome de Deutero-Zacarias”, precisa a comissão.

No Livro de Zacarias, indica a nota de apresentação desta nova tradução, “convergem várias linhas de pensamento messiânico”, como “o messianismo sem messias (onde toda a obra é pessoalmente realizada pelo Senhor, que garante a derrota dos inimigos e o reagrupamento do povo), e outros messianismos como o davídico, ou real, o messianismo de humildade e de sofrimento do servo sofredor, o messianismo sacerdotal e o do bom pastor”.

“Vários destes matizes reaparecem na formulação cristã do messianismo de Jesus”, acrescentam os tradutores.

A comissão recorda que a atividade de Zacarias se desenvolveu em Jerusalém, entre 520 e 518 a.C., três anos antes da dedicação do novo templo, em 515. “O contexto em que Zacarias exerce o seu ministério é de desencanto: os exilados que regressaram sentem grande dificuldades de integração na comunidade; o lento regresso à vida normal ensombrou a expetativa de uma mudança rápida”.

Quanto à segunda parte do livro, “o contexto é menos claro” e pode situar-se “no início do período grego, entre 330 e 300”.

A tradução provisória está disponível para download no site da Conferência Episcopal Portuguesa, podendo sugestões e comentários ser enviados através do endereço eletrónico biblia.cep@gmail.com.

“E tu, falas com Jesus?”

“E tu, falas com Jesus?” novidade

Em matéria de teologia, tendo a sentir-me mais próxima do meu neto X, 6 anos, do que da minha neta F, de 4. Ambos vivem com os pais e uma irmã mais nova em Londres. Conto dois episódios, para perceberem onde quero chegar. Um dia, à hora de deitar, o X contou à mãe que estava “desapontado” com o seu dia. Porquê? Porque não encontrara o cromo do Viktor Gyokeres, jogador do Sporting, um dos seus ídolos do futebol; procurou por todo o lado, desaparecera. Até pedira “a Jesus” para o cromo aparecer, mas não resultou. [Texto de Ana Nunes de Almeida]

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Fundadora da Comunidade Loyola castigada pelo Vaticano é ministra da comunhão em Braga

Decreto de extinção a marcar passo?

Fundadora da Comunidade Loyola castigada pelo Vaticano é ministra da comunhão em Braga novidade

A pouco mais de três meses de se completar um ano, prazo dado pelo Vaticano para extinguir a Comunidade Loyola, um instituto de religiosas fundado por Ivanka Hosta e pelo padre Marko Rupnik, aparentemente tudo continua como no início, com as casas a funcionar normalmente. No caso da comunidade de Braga, para onde Ivanka foi ‘desterrada’ em meados de 2023, por abusos de poder e espirituais, a “irmã” tem mesmo estado a desenvolver trabalho numa paróquia urbana, incluindo como ministra extraordinária da comunhão, com a aparente cobertura da diocese.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This