Igreja Anglicana

Arcebispo de Cantuária favorece recusa dos casamentos gay

| 2 Ago 2022

justin welby arcebispo cantuaria foto catedral de cantuaria

Welby recordou que a maioria das “províncias” continuam “a afirmar que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é permitido”. Foto © Catedral de Cantuária.

 

O Arcebispo de Cantuária, Justin Welby, precisou, em carta enviada esta terça-feira, 2 de agosto, a todos os bispos participantes na Conferência de Lambeth de 2022, a decorrer na Universidade de Kent (Inglaterra), que o casamento é “entre um homem e uma mulher” e que “as relações entre pessoas do mesmo sexo” não têm suporte bíblico, noticia o Church Times.

As Conferências de Lambeth são assembleias que reúnem os bispos da Comunhão Anglicana de todo o mundo e realizam-se todos os dez anos, sendo dirigidas pelo Arcebispo de Cantuária. Foi nessa qualidade que Welby tentou pôr água na fervura que domina a Conferência mesmo antes dela ter tido início a 29 de julho. Em causa está o pedido de vários bispos para que fosse revista a validade da Resolução 1.10 da Conferência de Lambeth de 1998, no sentido de ser reconhecido, acolhido e abençoado o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A oposição mais firme a essa alteração surgiu por parte da organização Sociedade do Sul Global de Igrejas Anglicanas que representa 275 bispos anglicanos da África, Ásia, Pacífico e América do Sul, “províncias” que reúnem a larga maioria dos anglicanos do planeta.

Welby, ao mesmo tempo que escreveu para “afirmar que a validade da resolução 1.10 aprovada na Conferência de Lambeth 1998 não está em dúvida” e para lembrar que a maioria das “províncias” continuam “a afirmar que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é permitido”, deixou também claro que “temos uma pluralidade de pontos de vista “, pois “outras Províncias abençoaram e acolheram a união/casamento entre pessoas do mesmo sexo”.

Para o arcebispo de Cantuária, de quem partiu a iniciativa de adiar esta Conferência que deveria ter tido lugar em 2018, por causa das divisões surgidas a propósito da bênção de casamentos entre pessoas do mesmo sexo, as disposições em vigor na comunhão anglicana não permitem, porém, exercer sanções, ou excluir qualquer das “províncias” que sobre ela tenha entendimento diferente.

A Conferência de Lambeth deste ano termina dia 7 de agosto e até lá será ainda palco de várias tomadas de posição sobre esta matéria que acabou por ofuscar todas as outras que vêm sendo objeto de reflexão e de resoluções pela assembleia magna da Igreja Anglicana. Entre estes outros temas figuram os desequilíbrios e as desigualdades a nível mundial e as alterações climáticas.

 

Irene Pimentel: “Não aprendemos com a História” e por isso devemos perceber como chegámos ao Holocausto

Dia em Memória das Vítimas assinala-se nesta sexta, 27

Irene Pimentel: “Não aprendemos com a História” e por isso devemos perceber como chegámos ao Holocausto novidade

“Está mais que provado que a História nos ensina muito pouco!” A frase pode ser desconcertante, ainda para mais vinda de uma historiadora. Neste caso, de Irene Pimentel, premiada investigadora do Instituto de História Contemporânea. Mas, então, valerá a pena continuar a estudá-la e a transmiti-la, particularmente aos mais jovens? Depois do “périplo” que já fez por inúmeras escolas secundárias do país, a propósito do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, que se assinala esta sexta-feira, 27 de janeiro, Irene Pimentel tem a certeza de que sim.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Maria Emília Brederode Santos: uma mulher de liberdade

Doutora honoris causa pelo ISPA

Maria Emília Brederode Santos: uma mulher de liberdade novidade

Maria Emília Brederode Santos é uma mulher de liberdade. Foi esta a mensagem que se destacou do discurso de elogio proferido pelo professor José Ornelas na cerimónia de atribuição do doutoramento honoris causa, pelo ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida, a Maria Emília Brederode Santos. Sala cheia e muitos aplausos, para homenagear esta grande humanista com uma vida política, social e cultural intensa.

Transumanismo

Transumanismo novidade

A corrente de pensamento que se vem sendo designada como transumanismo pretende a superação de todos os limites que pode representar a natureza humana, aumentando as capacidades da espécie transformando-a em algo de distinto e superior (a ponto de, numa vertente mais radical, se transformar numa espécie distinta: o pós-humaníssimo).

Câmara de Lisboa investe 35 milhões naquilo que “é o pedido” da Igreja para a JMJ

Vice-presidente esclareceu em conferência

Câmara de Lisboa investe 35 milhões naquilo que “é o pedido” da Igreja para a JMJ

A construção das infraestruturas nos quatro espaços da cidade de Lisboa conde irão decorrer os principais momentos da Jornada Mundial da Juventude irá custar à autarquia da capital 35 milhões de euros. O vice-presidente da Câmara, Filipe Anacoreta Correia, apresentou os detalhes desse investimento numa conferência de imprensa que decorreu esta quarta-feira, 25 de janeiro, no Parque Tejo, um dia depois de o Observador ter divulgado que a construção do “altar-palco”, onde decorrerão a vigília e missa de encerramento da jornada, foi adjudicada por 4,2 milhões. O autarca, que tem o pelouro da JMJ na vereação lisboeta, garante que este palco “corresponde àquilo que é o pedido pelo promotor” da Jornada e que, face aos requisitos exigidos pela Fundação JMJ e pela Santa Sé, foi escolhida a proposta com o melhor preço.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This