Arquitecto da luta contra os abusos é novo arcebispo de Washington

| 5 Abr 19

O Papa Francisco nomeou Wilton Gregory, desde 2005 bispo de Atlanta, como arcebispo de Washington, a diocese da capital federal dos Estados Unidos, colocando à frente de uma das principais dioceses do país o homem que liderou o processo de criação dos procedimentos dos bispos dos EUA para enfrentar os abusos sexuais de clérigos. Ao mesmo tempo, trata-se da nomeação do primeiro afro-americano para a capital do país – que pode, assim, vir a ser o primeiro cardeal negro no catolicismo dos EUA, como nota o National Catholic Reporter, que aponta o responsável como um grande pastor para Washington.

Em 2001, Gregory foi eleito presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA, liderando a luta contra os abusos sexuais do clero, já que em 2002 foi revelado o escândalo da cobertura de muitos casos pela hierarquia católica em Boston. O bispo conseguiu fazer aprovar um conjunto de procedimentos uniformes, depois tornados obrigatórios. Esse documento permitiu reduzir drasticamente o número de casos nos EUA.

Originário de Washington, Wilton Gregory converteu-se ao catolicismo em adolescente. Ordenado na sua diocese natal, foi depois bispo de Belleville, no sul do estado do Illinois.

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This