No Consolata Museu

Arte inspirada na Bíblia para ser apreciada de olhos vendados

| 21 Jun 2024

Consolata Museu, em Fátima

A nova exposição poderá ser visitada até ao dia 7 de setembro. Foto © Consolata Museu

Uma nova exposição de pintura e de escultura é inaugurada no Consolata Museu, em Fátima, este sábado, 22 de junho, às 17 horas. Intitulada “A Bíblia – Experiências tangíveis”, a mostra reúne um conjunto de obras de arte criadas por 34 artistas de Itália e de Portugal, que podem ser apreciadas… de olhos vendados.

A exposição é organizada pelo Consolata Museu, a sua liga de amigos, e por Mattea Micello, apresentadora, historiadora e crítica de arte italiana, que explica que “as obras devem ser materiais, com a intenção de serem visualizadas também pelo tato”. “Se uma obra é sentida com o tato e não com os olhos, é uma experiência sensorial diferente, mas não menos válida ou significativa. O tato é um sentido que nos permite perceber as formas, tamanhos, superfícies, temperaturas e consistências dos objetos, e reconhecer as suas características físicas e materiais. O tato é também um sentido que estimula emoções, sensações, memórias e associações mentais, e que cria contato direto e íntimo com o que é tocado”, destaca a especialista, sendo esse o motivo pelo qual a exposição poderá ser “visitada com os olhos vendados”.

Mattea Micello assinala ainda que “os escritos sagrados e as imagens sagradas são duas formas diferentes, mas complementares, de expressar e comunicar o sagrado”. “Os escritos sagrados são a Palavra de Deus, inspirada pelo Espírito Santo e transmitida por autores humanos, que conta a história da salvação e da revelação de Deus aos homens. As imagens sagradas são a representação visual de Deus, de Jesus, de Maria, dos santos e dos mistérios da fé, criadas por artistas com a sua criatividade e talento, que ajudam todos a contemplar o pensamento inerente. Neste sentido, para esta exposição o artista terá que extrapolar um pensamento da Bíblia, ou melhor, uma parábola, e interpretá-la ao seu gosto e estilo artístico”, indica a historiadora, num comunicado de apresentação da mostra.

Da exposição fazem parte obras de artistas como Biraschi Nancy, Bompadre Silvana, Buzzanca Basilio, Capezzali Massimo, Figueiredo Carla, Filippucci Pasquale, Greco Angela, Marra Laura, Masala Francesco, Maver Paola, Montesu Dina, Rapetti Bruna, Sanci Serenella, Susca Davide, Vassalo Ivo e Volpe Franca. A mostra poderá ser conhecida até ao dia 7 de setembro. De terça a sábado, o espaço museológico pode ser visitado das 10h00 às 13h00, e das 14h00 às 17h00, e aos domingos das 15h00 às 17h00.

 

Texto redigido por Juliana Batista/revista Fátima Missionária, ao abrigo da parceria com o 7MARGENS.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica?

Onde estão as mulheres na música litúrgica católica? novidade

Na música, um dos ministérios mais estruturantes da liturgia católica, este paradigma mantém-se, embora com nuances particulares: salvo algumas (felizmente, cada vez mais) exceções, o ministério do canto, domingo a domingo, é, em Portugal, sustentado maioritariamente por mulheres e a regência dos coros é, preferencialmente, entregue a homens

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This