Asia Bibi finalmente livre no Canadá, com a família

| 8 Mai 19

Ashiq Masih, marido de Asia Bibi, e Eisham Ashiq, uma das filhas do casal, fotografados em Outubro de 2018 no Reino Unido. Fotografias © ACN Portugal

 

Asia Bibi, a cristã paquistanesa que passou oito anos no corredor da morte acusada de blasfémia, deixou finalmente o Paquistão, estando já no Canadá reunida com elementos da sua família que já ali viviam.

O padre Emmanuel Yousaf, director da Comissão Católica para Justiça e Paz do Paquistão, saudou em declarações ao secretariado britânico da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) a saída de Asia Bibi do país como “a notícia que todos esperávamos e rezávamos”.

Depois de ilibada da acusação de blasfémia que a levou quase nove anos à cadeia, manifestações violentas de grupos radicais paquistaneses exigiram a revisão da sentença.

O Governo cedeu, mas em Janeiro a decisão do Supremo foi definitiva.

Durante este tempo, Asia Bibi foi mantida em segredo, com o marido, num quarto em Karachi. Ela, o marido e os cinco filhos podem viver agora tranquilos no Canadá, apear de o local de residência continuar, pelo menos nos primeiros tempos, a ser mantido em segredo.

 

7MARGENS/Ajuda à Igreja que Sofre

 

 

Artigos relacionados