Domingo de Pentecostes

Ataque a igreja na Nigéria provoca 21 mortos

| 6 Jun 2022

 

Um ataque armado à Igreja de São Francisco em Owo, no estado nigeriano de Ondo, no último domingo, 5 de Junho, provocou dezenas de mortos – 50 segundo a estimativa inicial da Reuters, que usou como fonte um médico de um hospital de Owo, 21 segundo os números mais recentes referidos pela imprensa internacional, citando o primeiro balanço das autoridades locais.

O ataque horrorizou o Papa que rezou pelas vítimas e pela Nigéria, “dolorosamente atingidas num momento de festa”, uma vez que no domingo os cristãos celebravam a festa litúrgica de Pentecostes.

A Fundação AIS (Ajuda à Igreja que Sofre) informou ter recebido do director de comunicação social da Diocese de Ondo, padre Augustine Ikwu, uma declaração testemunhando tristeza e choque pelo ataque. “É tão triste ter de dizer que enquanto decorria a santa missa, homens de origem desconhecida, empunhando armas, atacaram a igreja católica de S. Francisco Xavier.” Augustine Ikwu temia que houvesse mais mortos, muitos mais feridos, e que a igreja tivesse sido violada.

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, através do seu porta-voz, manifestou revolta pelo trágico ataque a uma igreja católica, afirmando que o país “nunca se renderá ao mal e aos ímpios, e as trevas nunca vencerão a luz”. O governador do estado de Ondo, Oluwarotimi Akeredolu, afirmou que “este ataque é o mais ignóbil que se pode cometer numa sociedade”.

A identidade e os motivos dos assaltantes permanecem desconhecidos até ao momento. Os ataques no sudoeste da Nigéria não são habituais, disse ao jornal francês La Croix Marc-Antoine Pérouse de Montclos, director de investigação no Instituto de Investigação para o Desenvolvimento da Universidade de Paris, considerando por isso que se torna difícil entender a motivação deste ataque.

A Nigéria, recorda a AIS nesta segunda-feira, 6, é um dos países do continente africano onde os cristãos mais têm sofrido nos últimos anos por causa do terrorismo. “Se é verdade que o país em geral tem sido abalado por episódios de violência, banditismo e raptos, afectando todos os grupos étnicos e religiosos, não deixa de ser impressionante os incidentes que visaram explicitamente a comunidade cristã ao longo das últimas décadas”, diz a Fundação AIS.

 

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

Nos 77 anos do ataque atómico

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia novidade

“Apelo a todos os membros” do Parlamento japonês, “bem como aos membros dos conselhos municipais e provinciais” para que se “encontrem com os hibakusha (sobreviventes da bomba atómica), ouçam como eles sofreram, aprendam a verdade sobre o bombardeio atómico e transmitam o que aprenderem ao mundo”, escreve, numa carta lida nas cerimónias dos 77 anos do ataque atómico sobre Nagasaki, por um dos seus sobreviventes, Takashi Miyata.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

Abusos sexuais

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

O Secretariado Permanente do Conselho Presbiteral do Patriarcado de Lisboa saiu em defesa do cardeal patriarca, D. Manuel Clemente, numa nota publicada esta terça-feira à noite no site da diocese. Nas últimas semanas, Clemente tem sido acusado de não ter dado seguimento a queixas que lhe foram transmitidas de abusos sexuais.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This