Auscultar a expressão de um Povo

| 4 Jan 21

Caixa de Correio de Nossa Senhora

A chamada Caixa de Correio de Nossa Senhora constitui um arquivo do santuário de Fátima no qual se conservam as mensagens ali enviadas de todo o mundo, a partir da década de 40 do século passado, dirigidas à Mãe de Jesus. Trata-se de cartas, bilhetes, postais, ex-votos, num número que atinge os milhões e que constituem uma expressão de devoção íntima e pessoal de inúmeros católicos de todas as origens sociais, económicas e familiares. Um espólio único e ainda desconhecido, que o jornalista António Marujo analisou ao longo de um ano numa amostra de 50 mil mensagens compreendidas entre 1940 e 1977, dando origem a esta publicação.

Encontramos nestas mensagens o húmus vital do que constitui a experiência humana, marcada, nestas décadas, pelos conflitos armados, dos quais a Guerra do Ultramar ocupou um espaço muito significativo nos dramas testemunhados. A dimensão religiosa sai, aqui, do âmbito dos púlpitos oficiais e da doutrina eclesiástica, para encontrar um diálogo simples, direto e confiado nas palavras escritas no meio das dificuldades culturais, sociais e económicas. É difícil e raro o esforço de auscultar esta expressão de um Povo: nisto, a investigação apresentada por António Marujo constitui um trabalho de destaque.

O exercício de leitura das mensagens desta Caixa de Correio singular é acompanhado de uma contínua contextualização histórica, transportando o leitor para as peripécias políticas e diplomáticas da viagem de Paulo VI a Fátima em 1967, o lento emergir da mensagem de Fátima relativa ao comunismo e, sobretudo, a centralidade do tema da Paz como vínculo que percorre não só todo o magistério que por Fátima passa, como também – na comum e densa simplicidade – quer os Pastorinhos, quer os peregrinos que ali encontram um sentido, uma palavra, um acompanhamento espiritual com frequência ausente das suas comunidades eclesiais.

“Quem escreve, sente necessidade de que alguém escute o seu desabafo ou a sua história (…) A necessidade de haver quem escute ou a quem confiar problemas é, mesmo, uma das principais urgências.” E, para lá dos discursos diplomáticos ou das reflexões teológicas, poderemos compreender como, nestes testemunhos, o desejo e a vontade da Paz adquirem uma força transformante e resistente, originada não na força das armas, mas na conversão.

A leitura destes manuscritos – conservados praticamente inéditos nos arquivos do Santuário – é acompanhada por contributos de diversas entrevistas a pessoas que trabalham ou refletem sobre Fátima, mas também ex-combatentes do então chamado Ultramar, historiadores deste período eclesial (sobretudo no quadro da oposição católica ao regime do Estado Novo) e investigadores críticos do fenómeno de Fátima. No final deste percurso, o leitor ficará certamente com uma visão outra, frequentemente esquecida, do que a experiência religiosa ligada a Fátima representou e continua a representar.

 

A Caixa de Correio de Nossa Senhora, de António Marujo
Edição: Temas e Debates, 2020
248 páginas; 16,60 €

Vacinas, negacionistas, aborto e uniões homossexuais – e a missão de “proximidade” dos bispos

Papa regressou da Eslováquia

Vacinas, negacionistas, aborto e uniões homossexuais – e a missão de “proximidade” dos bispos novidade

O aborto é homicídio, mas os bispos têm de ser próximos de quem defende a sua legalização; os Estados devem apoiar as uniões de pessoas do mesmo sexo, mas a Igreja continua a considerar o sacramento do matrimónio apenas entre um homem e uma mulher; e as vacinas têm uma “história de amizade” com a humanidade, não se entendem por isso os negacionismos. Palavras do Papa a bordo do avião que o levou da Eslováquia de regresso a Roma.

Ator Mel Gibson cada vez mais contra a Igreja e o Papa

Enredado em movimentos tradicionalistas

Ator Mel Gibson cada vez mais contra a Igreja e o Papa novidade

São visíveis na Igreja Católica dos Estados Unidos da América, em especial nos últimos anos, movimentações de setores conservadores e tradicionalistas que, embora não assumindo o cisma, se comportam objetivamente como cismáticos. São numerosas as organizações que contam com o apoio de figuras de projeção mediática e que ostensivamente denigrem o Papa e uma parte dos bispos do seu país. Um nome aparece cada vez mais como elemento comum e de suporte: Carlo Maria Viganò, o arcebispo que foi núncio em Washington e que exigiu, em 2018, a demissão do Papa Francisco. Mais recentemente, outra figura de grande projeção pública que vem surgindo nestas movimentações é a do ator e realizador Mel Gibson.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Das trincheiras da Grande Guerra pode ter nascido este concerto sobre o mundo

Estreia na Igreja de São Tomás de Aquino

Das trincheiras da Grande Guerra pode ter nascido este concerto sobre o mundo novidade

“Os primeiros esboços deste texto terão surgido nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial”, explica o compositor Alfredo Teixeira, autor da Missa sobre o Mundo, obra para órgão e voz recitante que terá a sua estreia mundial absoluta no próximo sábado, 18 de Setembro, às 16h30 (entrada livre, sujeita ao número de lugares existentes). A obra, construída a partir de excertos do texto homónimo de Pierre Teilhard de Chardin (1881-1955), padre jesuíta e paleontólogo, abrirá a temporada de concertos na Igreja Paroquial de São Tomás de Aquino, em Lisboa.

42 anos do SNS: memória e homenagem espirituais

42 anos do SNS: memória e homenagem espirituais novidade

Hoje, 15 de setembro, celebro e comemoro e agradeço e relembro António Arnaut, o criador em 1979 do Serviço Nacional de Saúde, o SNS da sobrevida de tantos de nós, portugueses. Depois de ter passado um dia de quase dez horas como doente de oncologia em imenso espaço de hospital, entre variadas mãos, procedimentos, cuidados, não posso deixar vazio na data.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This