Fragmentos da poética cristã do padre Arlindo Magalhães

Em Agosto 2017, a propósito dos 50 anos de ordenação do padre Arlindo Magalhães, presbítero da Comunidade Cristã da Serra do Pilar que morreu esta semana (ver notícia no 7MARGENS), Joaquim Félix Carvalho foi convidado a fazer uma reflexão sobre a experiência desta...

Estás de esperanças?

[não virá esta noite – estás de esperanças? oh, vem criança manhã!] Haicai e fotografia © Joaquim Félix     1. Oferece a cidade parábolas para entender o tempo presente? Sim, muitas. São como sinais a ler, e a reler, para nos lermos. Se andarmos atentos como...

Junto ao portão: Lázaro e cães?

    Entram as réstias do sol pelas janelas altas, talvez a esperançar quem, no coro desta igreja, se afasta da desejada proximidade por cinco dias de Covid-19. É a mão do seu adeus, quase horizontal. Que delicadeza solar! Varre os telhados à cidade poente...

Corajosamente

  1. Três versículos. Três breves versos, segundo s. João (Jo 10,27-30). Tão pouco! E, não obstante, para nós, são tanto, tanto! São um desafio a ouvir coisas breves, as migalhas dos dias presentes, como se fossem uma seta disparada ao alvo de ouvidos atentos, a...

Abrir da flor da paixão

estende o lábio / ao cálice da neve / abrir da flor da paixão. Foto © Joaquim Félix   Jesus, a quem seguimos, chegou à nossa frente! Como saudei tantas vezes, ao longo da quaresma, recordo que estávamos de subida para Jerusalém. Acabamos de chegar às portas da...

Pin It on Pinterest