Miguel Panão

Ninguém tem tempo

  Entrei pela porta da secretaria do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra, onde trabalho, e na conversa com o pessoal administrativo veio à tona o tema da leitura, ao que diziam – “não tenho tempo para ler”. Mais tarde, em conversa com a senhora do quiosque onde a minha filha foi fazer o seu passe, voltei a ouvir –...