Balanço da viagem do Papa ao Iraque em debate no 7M: reconstrução, política e uma mão branca a acenar fora do carro preto

| 9 Mar 21

Papa, Iraque

O Papa terminou esta segunda-feira a sua visita ao Iraque. Foto © Facebook/Vatican Media.

 

O encontro do Papa com o Grande Ayatollah Ali al-Sistani, líder espiritual dos muçulmanos xiitas, foi um dos momentos mais importantes da viagem de Francisco ao Iraque, na opinião das três convidadas do 7MARGENS para fazerem um primeiro balanço do acontecimento, que terminou nesta segunda-feira com o regresso de Francisco ao Vaticano.

No debate intervêm Irene Guia, religiosa das Escravas do Sagrado Coração de Jesus, que esteve dois anos (2016-18) no Curdistão iraquiano a trabalhar com o Serviço Jesuíta aos Refugiados; Catarina Martins Bettencourt, directora nacional da Ajuda à Igreja que Sofre, instituição que tem apoiado vários projectos de reconstrução no Iraque e que publica de dois em dois anos o relatório Liberdade Religiosa no Mundo; e Sofia Lorena, jornalista do Público, que acompanha as questões do Médio Oriente e esteve já no Iraque em reportagem.

A conversa, que decorreu ao início da tarde desta segunda-feira, quando o Papa Francisco estava a aterrar em Roma, começou por abordar os momentos e ideias mais significativos da viagem; percorreu, depois, as histórias dramáticas do Iraque nos últimos anos e as propostas do Papa para reconstruir o país e as vidas estilhaçadas; discutiu o papel das organizações internacionais no apoio à reconstrução e a intervenção que a comunidade internacional (nomeadamente a União Europeia, neste semestre da presidência portuguesa); e questionou a dimensão política do perdão em situações como a do Iraque.

O registo integral do debate pode ser visto no vídeo a seguir:

 

Jorge Sampaio, um laico cristão

Jorge Sampaio, um laico cristão novidade

Já tudo, ou quase tudo, foi dito e escrito sobre a figura do Jorge Sampaio. Assinalando a sua morte, foram, por muitos e de múltiplas formas, sublinhadas as diversas facetas definidoras da sua personalidade nos mais diversos aspetos. Permitam-me a ousadia de voltar a este tema, para sublinhar um aspeto que não vi, falha minha porventura, sublinhado como considero ser merecido.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Escutar todos, com horizontes para lá das “fronteiras” da Igreja

Inquérito sobre o Sínodo

Escutar todos, com horizontes para lá das “fronteiras” da Igreja novidade

O Papa observava, no encontro sinodal com a sua diocese de Roma, no último sábado, 18, que escutar não é inquirir nem recolher opiniões. Mas nada impede que se consultem os cristãos sobre as “caraterísticas e âmbito” que “entendem dever ter a escuta que as igrejas diocesanas são chamadas a realizar, desde 17 de outubro próximo até ao fim de março-abril de 2022. Era esse o terceiro ponto da consulta feita pelo 7Margens, cujas respostas damos hoje a conhecer.

Nova estratégia de combate ao antissemitismo será apresentada em outubro

União Europeia

Nova estratégia de combate ao antissemitismo será apresentada em outubro novidade

A União Europeia (UE) deverá divulgar, no próximo mês de outubro, uma “nova estratégia de combate ao antissemitismo e promoção da vida judaica”. A iniciativa surge na sequência da disseminação do racismo antissemita em inúmeros países da Europa, associada a teorias da conspiração que culpabilizam os judeus pela propagação da covid-19, avançou esta quarta-feira, 22, o Jewish News.

Livrai-nos do Astérix, Senhor!

Livrai-nos do Astérix, Senhor! novidade

A malfadada filosofia do politicamente correcto já vai no ponto de apedrejar a cultura e diabolizar a memória. A liberdade do saber e do saber com prazer está cada vez mais ameaçada. Algumas escolas católicas do Canadá retiraram cerca de cinco mil títulos do seu acervo por considerarem que continham matéria ofensiva para com os povos indígenas.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This