Balanço da viagem do Papa ao Iraque em debate no 7M: reconstrução, política e uma mão branca a acenar fora do carro preto

| 9 Mar 21

Papa, Iraque

O Papa terminou esta segunda-feira a sua visita ao Iraque. Foto © Facebook/Vatican Media.

 

O encontro do Papa com o Grande Ayatollah Ali al-Sistani, líder espiritual dos muçulmanos xiitas, foi um dos momentos mais importantes da viagem de Francisco ao Iraque, na opinião das três convidadas do 7MARGENS para fazerem um primeiro balanço do acontecimento, que terminou nesta segunda-feira com o regresso de Francisco ao Vaticano.

No debate intervêm Irene Guia, religiosa das Escravas do Sagrado Coração de Jesus, que esteve dois anos (2016-18) no Curdistão iraquiano a trabalhar com o Serviço Jesuíta aos Refugiados; Catarina Martins Bettencourt, directora nacional da Ajuda à Igreja que Sofre, instituição que tem apoiado vários projectos de reconstrução no Iraque e que publica de dois em dois anos o relatório Liberdade Religiosa no Mundo; e Sofia Lorena, jornalista do Público, que acompanha as questões do Médio Oriente e esteve já no Iraque em reportagem.

A conversa, que decorreu ao início da tarde desta segunda-feira, quando o Papa Francisco estava a aterrar em Roma, começou por abordar os momentos e ideias mais significativos da viagem; percorreu, depois, as histórias dramáticas do Iraque nos últimos anos e as propostas do Papa para reconstruir o país e as vidas estilhaçadas; discutiu o papel das organizações internacionais no apoio à reconstrução e a intervenção que a comunidade internacional (nomeadamente a União Europeia, neste semestre da presidência portuguesa); e questionou a dimensão política do perdão em situações como a do Iraque.

O registo integral do debate pode ser visto no vídeo a seguir:

 

125 padres e católicos alemães assumem publicamente condição LGBTQI

Manifesto inédito em todo o mundo

125 padres e católicos alemães assumem publicamente condição LGBTQI novidade

Um total de 125 pessoas, incluindo vários padres, trabalhadores a tempo inteiro ou voluntários na Igreja Católica nos países de língua alemã, anunciam hoje a sua condição LGBTQI+. A iniciativa tem o título #OutInChurch. Por uma Igreja sem medo e acompanha, também, a emissão de um documentário televisivo. É a primeira vez na história, em todo o mundo, que um grupo de crentes se assume deste modo, colectivamente, na praça pública.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

A roseira que defende a vinha: ainda a eutanásia

A roseira que defende a vinha: ainda a eutanásia novidade

Há tempos, numa visita a uma adega nacional conhecida, em turismo, ouvi uma curiosa explicação da nossa guia que me relembrou imediatamente da vida de fé e das questões dos tempos modernos. Dizia-nos a guia que é hábito encontrar roseiras ao redor das vinhas como salvaguarda: quando os vitivinicultores encontravam algum tipo de doença nas roseiras, algum fungo, sabiam que era hora de proteger a vinha, de a tratar, porque a doença estava próxima.

Um caderno para imprimir e usar

Sínodo 2021-23

Um caderno para imprimir e usar

Depois de ter promovido a realização de dois inquéritos sobre o sínodo católico 2021-23, o 7MARGENS decidiu reunir o conjunto de textos publicados a esse propósito num caderno que permita uma visão abrangente e uma utilização autónoma do conjunto. A partir de agora, esse caderno está disponível em ligação própria.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This