Rescrito do Papa

Banco do Vaticano gere ativos financeiros da Santa Sé

| 23 Ago 2022

Sede do Instituto para as Obras de Religião no Vaticano. Foto © Agência Ecclesia.

Sede do Instituto para as Obras de Religião (IOR) no Vaticano. Foto © Agência Ecclesia.

 

O Papa Francisco estabeleceu que a gestão de ativos financeiros recai exclusivamente no Instituto para as Obras de Religião (IOR), conhecido como “banco do Vaticano”, através da publicação de um rescrito. 

De acordo com a informação avançada pela Agência Ecclesia e pelo site Swissinfo, fica definido que “a atividade de administrador patrimonial e de depositário do património mobiliário da Santa Sé e das instituições ligadas à Santa Sé é de responsabilidade exclusiva do Instituto para as Obras de Religião”, como se lê no artigo 219, parágrafo 3º, da Constituição sobre a Cúria Praedicate Evangelium,

Neste sentido, a Santa Sé e instituições relacionadas que sejam titulares de atividades financeiras e ativos líquidos, “em qualquer forma que sejam mantidas, com outras instituições financeiras que não o IOR”, devem informar o Instituto para as Obras de Religião “e transferi-las o mais rápido possível, dentro de 30 dias, a partir de 1 de setembro de 2022”.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa novidade

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

O que têm dito os papas sobre a paz

Debate e oração no Rato, em Lisboa

O que têm dito os papas sobre a paz novidade

As mensagens dos Papas para o Dia Mundial da Paz é o tema da intervenção do padre Peter Stilwell neste sábado, 3 de Dezembro (Capela do Rato, em Lisboa, 19h), numa iniciativa integrada nas celebrações dos 50 anos da vigília de oração pela paz que teve lugar naquela capela, quando um grupo de católicos quis permanecer em oração durante 48 horas, em reflexão sobre a paz e contra a guerra colonial.

Ministro russo repudia declarações do Papa

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa novidade

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This