EUA

Batistas descolam de Trump (por pouca margem)

| 16 Jun 2021

ed litton foto Facebook

Ed Litton apresentou-se como “alguém que lideraria a Convenção em direção a uma reconciliação racial”. Foto retirada da página do pastor no Facebook.

 

A Convenção Batista do Sul (CBS), a maior denominação protestante/evangélica dos Estados Unidos da América (EUA), acaba de eleger um novo presidente que representa uma certa rutura com a extrema-direita que tem predominado nos últimos anos.

Ed Litton, o eleito, é pastor da Primeira Igreja Batista North Mobile no estado do Alabama e, segundo o Washington Post, apresentou-se como “alguém que lideraria a Convenção em direção a uma reconciliação racial”. Fred Luter, o primeiro e único pastor negro a desempenhar a função de presidente da CBS, foi quem propôs Litton para o cargo, dizendo que ele “traz um coração compassivo e de pastor. Precisamos de um pastor que ame a Deus e ao povo de Deus”.

Na votação final, a oposição a Little foi assumida por Mike Stone, o candidato ultra-conservador da Geórgia, favorito da extrema-direita, que perdeu por pouco (cerca de quatro pontos percentuais).

Segundo a leitura feita destes resultados pelo diário The New York Times, “as principais igrejas batistas, bem como as da extrema-direita, concordam que os resultados da Convenção servirão como um referendo sobre as prioridades da denominação e podem acelerar a fragmentação de uma instituição que já está a decrescer.

O ambiente dos debates em Nashville, onde decorreu a eleição, esteve quente, entre os que acusavam algumas lideranças de quererem arrastar as igrejas para o “liberalismo” (esquerdismo) e os que denunciavam o “farisaísmo” instalado.

Discursando horas antes da eleição, o presidente cessante J.D. Greear afirmou, num discurso inflamado, que a Convenção se encontra num “momento de definição”. Reconhecendo que existem perigos tanto do lado do liberalismo como do farisaísmo, criticou os “fariseus” que enfatizam “a pureza ideológica na sua missão evangelizadora, deixando de lado, com o seu zelo, pastores negros e latinos, vítimas de abusos sexuais e outros”. E lançou as perguntas: “Somos acima de tudo um grupo de afinidade cultural e política, ou vemos a nossa vocação principal como sendo um testemunho do evangelho?”, “Qual é a parte mais importante do nosso nome: Sul ou Batista?”.

A questão de fundo para as quais estas declarações remetem é certamente a proximidade que as principais confissões evangélicas tiveram com a Administração do ex-Presidente Trump e do Partido Republicano. Os debates são, pois, também, entre quem pretende continuar nessa linha e aqueles que entendem que o caminho deve ser diferente, mais aberto e inclusivo.

 

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

Nos 77 anos do ataque atómico

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia novidade

“Apelo a todos os membros” do Parlamento japonês, “bem como aos membros dos conselhos municipais e provinciais” para que se “encontrem com os hibakusha (sobreviventes da bomba atómica), ouçam como eles sofreram, aprendam a verdade sobre o bombardeio atómico e transmitam o que aprenderem ao mundo”, escreve, numa carta lida nas cerimónias dos 77 anos do ataque atómico sobre Nagasaki, por um dos seus sobreviventes, Takashi Miyata.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

Abusos sexuais

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

O Secretariado Permanente do Conselho Presbiteral do Patriarcado de Lisboa saiu em defesa do cardeal patriarca, D. Manuel Clemente, numa nota publicada esta terça-feira à noite no site da diocese. Nas últimas semanas, Clemente tem sido acusado de não ter dado seguimento a queixas que lhe foram transmitidas de abusos sexuais.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This