Bispo alemão alerta para regresso do anti-semitismo e para papel da Igreja

| 1 Mai 20

Para assinalar o 75º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial, que se comemora no próximo dia 8 de maio, o presidente da Conferência Episcopal Alemã, Georg Bätzing, publicou uma declaração, alertando para o facto de o anti-semitismo estar de regresso e sublinhando a importância do papel da Igreja na luta contra o mesmo.

No documento, divulgado esta quinta-feira, 29, o bispo alemão critica o comportamento da Igreja durante o regime nazi, por não se ter “oposto à guerra de aniquilação iniciada pelos alemães, nem aos crimes que o regime cometeu” e por ter dado à guerra um sentido religioso.

Na opinião de Bätzing, “os velhos demónios da divisão, nacionalismo, pensamento étnico e autoritarista” estão de regresso em diversos locais e é necessário garantir que as lições do passado foram aprendidas, contrariando “veementemente” estas tendências.

“Não podemos relaxar, temos de levar o legado para o futuro. (…) Isto aplica-se sem ‘ses’ nem ‘mas’ à Igreja, que tem um compromisso para com o evangelho de paz e justiça”, sublinhou o presidente da Conferência Episcopal Alemã.

Artigos relacionados


Notice: Undefined index: HTTP_REFERER in /home/setemargve/www/wp-content/plugins/smart-marketing-for-wp/egoi-for-wp.php on line 188