Bispos aplaudem abolição da pena de morte no Colorado

| 26 Mar 20

O Colorado tornou-se esta semana no 22º estado dos Estados Unidos da América a abolir a pena de morte. Os bispos católicos locais, que há muito pediam a revogação da pena capital, felicitaram o governador Jared Polis pela assinatura do projeto de lei, tendo publicado uma declaração no site do episcopado, onde consideram “histórica” a medida legislativa agora aprovada.

No mesmo comunicado, citado pelo National Catholic Reporter, os bispos sublinham que, “durante muito tempo, a pena de morte foi considerada admissível para os delitos graves por ser julgada a única maneira de proteger a sociedade dos criminosos mais violentos”. No entanto, “com o progresso dos sistemas prisionais”, foram desenvolvidos “sistemas de detenção mais eficazes, que garantem a devida proteção dos cidadãos, mas, ao mesmo tempo, não privam definitivamente os culpados da possibilidade de redenção”. Para a Igreja Católica, salientam, “a pena de morte é inadmissível porque se trata de um ataque contra a inviolabilidade e a dignidade da pessoa”.

Existem atualmente três detidos no estado do Colorado que haviam sido condenados à pena de morte. Com a assinatura do novo projeto de lei, esta será substituída por prisão perpétua sem liberdade condicional.

Artigos relacionados