Morreu ex-Presidente das Filipinas

Bispos elogiam contributo de Benigno Aquino Jr. para a democracia

| 25 Jun 21

Benigno Aquino Jr., ex-presidente das Filipinas, que morreu nesta quinta-feira, 24, em Manila, foi elogiado pelos bispos católicos do país pela “profunda dedicação à democracia, ao bom governo e à dignidade da pessoa humana”.

Aquino foi o 15º presidente das Filipinas, entre 2010 e 2016. Faleceu aos 61 anos, vítima de insuficiência renal causada por diabetes. O funeral está previsto para este sábado, 26.

O presidente da Conferência Episcopal Filipina agradeceu “o respeito mútuo” que existiu entre a administração deste ex-Presidente e a Igreja Católica nas Filipinas, “enraizada na nossa fé inabalável no Deus Trino, e no nosso compromisso comum para a construção de uma sociedade justa e humana, especialmente para os necessitados”, refere a agência Fides.

Aquino descendia de dois ícones da democracia no sudeste asiático: o seu pai, o senador Benigno Simeon “Ninoy” Aquino Jr. (ferrenho adversário do então ditador Ferdinand Marcos), que foi assassinado ao retornar às Filipinas, após o exílio nos Estados Unidos, em 1983. Esse assassinato gerou a onda de indignação que resultou na revolução popular de 1986 e culminou com a fuga do ditador para os Estados Unidos. Foi então que a mãe de Aquino Jr III, Corazon Conjuanco Aquino, foi eleita Presidente e governou o país de 1986 a 1992, destacando-se no fortalecimento do caminho e das instituições democráticas.

O Presidente Rodrigo Duterte anunciou um período de luto nacional até 3 de julho.

Jornada Nacional Memória & Esperança 2021 já tem site

Homenagem às vítimas da pandemia

Jornada Nacional Memória & Esperança 2021 já tem site novidade

O site oficial da Jornada Nacional Memória & Esperança 2021, iniciativa que visa homenagear as vítimas da pandemia com ações em todo o país entre 22 e 24 de outubro, ficou disponível online esta sexta-feira, 17. Nele, é possível subscrever o manifesto redigido pela comissão promotora da iniciativa e será também neste espaço que irão sendo anunciadas as diferentes iniciativas a nível nacional e local para assinalar a jornada.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Novo ano letivo: regressar ao normal?

Novo ano letivo: regressar ao normal? novidade

Após dois conturbados anos letivos, devido à pandemia, as escolas preparam-se para um terceiro ano ainda bastante incerto, mas que desejam que seja o mais normal possível. O regresso à normalidade domina as declarações públicas de diretores escolares e de pais, alunos e professores. Este desejo de regresso à normalidade, sendo lógico e compreensível, após dois anos de imensa instabilidade, incerteza e experimentação, constitui ao mesmo tempo um sério problema.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This