Covid-19

Bispos europeus e africanos apelam a “acesso justo e universal” a vacinas

| 4 Jun 21

Vacinação no Gana contra a covid-19. Foto: OMS.

 

O Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) e o Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar (SECAM) lançaram um apelo conjunto pelo “acesso justo e universal” às vacinas contra a covid-19. Também os bispos da União Europeia destacaram a importância do anunciado Certificado Digital Verde mas deixam o alerta para que este não exclua “ninguém”.

Os responsáveis católicos da CCEE e do SECAM pedem à União Africana, União Europeia e ONU que se comprometam a “providenciar a implementação prática de leis e protocolos que aumentem a solidariedade e promovam a dignidade humana”.

“Em particular, a promoção da vida, da família, da liberdade educacional e religiosa, o acolhimento e integração dos migrantes. Também através do acesso justo e universal às vacinas contra a covid-19”, acrescentam num comunicado, que a agência Ecclesia noticiou.

A CCEE e SECAM promoveram um seminário online, sobre “Solidariedade na promoção da dignidade humana à luz da Fratelli Tutti”, a encíclica do Papa Francisco sobre a “Fraternidade e a Amizade Social”.

Vinte representantes das conferências episcopais continentais de África e da Europa aprovaram uma mensagem final onde convidam “a acolher o apelo” do Papa Francisco ao diálogo interreligioso, como forma de “estimular a ‘amizade, a paz e a harmonia’” e de garantir a liberdade religiosa, que “é um direito humano fundamental de todos os fiéis”.

“Na promoção do diálogo cultural, inter-religioso e ecuménico, e conscientes de que a Igreja é mãe, pedimos que cada Igreja local seja ‘uma casa de portas abertas’, para sustentar a esperança, construir pontes, derrubar muros e semear sementes de reconciliação”, pode ler-se.

Os bispos, que reafirmam a comunhão e a colegialidade, comprometem-se a trabalhar pela “promoção da dignidade humana, da fraternidade e da solidariedade”, que estão no coração da vida humana e da convivência pacífica.

Já a Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia (Comece) veio destacar a necessidade de incluir todos na vida social, numa análise sobre o novo Certificado Digital Verde para pessoas com vacina contra a covid-19.

Numa nota divulgada na quarta-feira, dia 2, a Comece adianta que o seu Grupo de Trabalho sobre Ética destaca a iniciativa da União Europeia e o mecanismo que vai permitir aos Estados-Membros “regulamentar a responsabilidade social e a autonomia dos cidadãos vacinados e não vacinados”, “sem excluir ninguém”.

O novo Certificado Digital Verde da UE visa reduzir as restrições a viagens impostas por governos para combater a disseminação do coronavírus no território comunitário.

 

Líbano: Siro-católicos dizem-se marginalizados

Líbano tem novo Governo

Líbano: Siro-católicos dizem-se marginalizados novidade

O novo Governo do Líbano, liderado pelo muçulmano sunita Najib Mikati, obteve nesta segunda-feira, 20 de setembro, o voto de confiança do Parlamento. A nova estrutura de Governo reflete na sua composição a variedade do “mosaico” libanês, nomeadamente do ponto de vista das diversas religiões e confissões religiosas, mas os siro-católicos dizem ter sido marginalizados.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Às vezes, nem o amor consegue salvar-nos

Cinema

Às vezes, nem o amor consegue salvar-nos novidade

Falling, que em Portugal teve o subtítulo Um Homem Só, é a história de um pai (Willis) e de um filho (John) desavindos e (quase) sempre em rota de colisão, quer dizer, de agressão, de constante provocação unilateral da parte do pai, sempre contra tudo e contra todos.

A palavra que falta explicitar no “cuidar da criação”

A palavra que falta explicitar no “cuidar da criação” novidade

No dia 1 de setembro começou o Tempo da Criação para diversas Igrejas Cristãs. Nesse dia, o Papa Francisco, o Patriarca Bartolomeu e o Arcebispo de Canterbury Justin assinaram uma “Mensagem Conjunta para a Protecção da Criação” (não existe – ainda – tradução em português). Talvez tenha passado despercebida, mas vale a pena ler.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This