EUA

Bispos exigem que políticos se unam para “reforma integral da imigração”

| 20 Out 2022

Manifestação a favor da imigração nos EUA. Foto © Nitish Meena | Unsplash

Manifestação nos EUA. Os bispos apelam a que governos nacionais, estaduais e locais trabalhem juntos para “abraçar o potencial” oferecido pela imigração. Foto © Nitish Meena | Unsplash.

 

Com milhares de imigrantes a tentar entrar diariamente nos Estados Unidos da América, particularmente vindos da Venezuela, e  Joe Biden a recuperar leis implementadas no passado por Donald Trump que permitem expulsá-los, os bispos norte-americanos emitiram esta semana um comunicado exigindo aos líderes do governo que deixem o partidarismo de lado e trabalhem juntos numa “reforma integral da imigração”, que “reconheça a dignidade inviolável de todos os recém-chegados”.

“Os relatórios indicaram esforços coordenados para transportar migrantes – e em alguns casos enganá-los intencionalmente – em prol de resultados que são impróprios de uma sociedade moral. Ao mesmo tempo, estamos profundamente preocupados com a preservação e até a expansão de políticas como o Título 42, que negam injustamente o acesso a proteções humanitárias que foram consagradas na lei como resposta aos horrores testemunhados durante o século XX”, denuncia a Conferência dos Bispos Católicos dos EUA (USCCB) na nota publicada no seu site. Nenhuma das situações – consideram – reflete uma imigração “segura, ordenada e humana”.

Para os líderes católicos, é necessária uma reforma que “deve prever a plena integração dos residentes de longa data, promover
unidade familiar, honrar o devido processo legal, respeitar o estado de direito, expandir os caminhos legais, preservar e fortalecer
proteções, priorizar alternativas dignas à detenção, reconhecer as contribuições dos trabalhadores nascidos no exterior, proteger os vulneráveis ​​e abordar as causas profundas da migração”.

“Simplesmente não podemos permitir que a divisão partidária continue a impedir as necessárias intervenções do governo. E embora não haja soluções fáceis para os desafios que enfrentamos, existe um caminho justo à nossa frente que espera ser pavimentado por aqueles que estão comprometidos com o futuro do nosso país”, dizem os bispos norte-americanos.

Lembrando as palavras do Papa Francisco, que na sua Mensagem para o Dia Mundial dos Migrantes e Refugiados deste ano afirmou que a História nos ensina que “a contribuição dos migrantes e refugiados tem sido fundamental para o crescimento social e económico das nossas sociedades”, o comunicado apela a que governos nacionais, estaduais e locais trabalhem juntos para “abraçar o potencial” oferecido pela “realidade incontornável” da imigração.

“A comunidade católica norte-americana permanece firme no seu compromisso de acolher o estrangeiro, especialmente o mais vulnerável”, destaca ainda a nota, assinada pelo bispo Mario E. Dorsonville, Presidente do Comité de Migração da USCCB. “Seja afegão, ucraniano ou venezuelano, sonhador ou trabalhador rural indocumentado, requerente de asilo, migrante ou refugiado, todos são imbuídos por Deus de uma dignidade inviolável.”

 

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

7MARGENS antecipa estudo

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas novidade

Ao basear-se em inquéritos junto das famílias, as estatísticas oficiais em Portugal não captam as situações daqueles que não vivem em residências habituais, como as pessoas em situação de sem-abrigo, por exemplo. E é por isso que “subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia a Cáritas Portuguesa na introdução ao seu mais recente estudo, que será apresentado na próxima terça-feira, 27 de fevereiro, na Universidade Católica Portuguesa do Porto.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra

Atividades abertas a todos

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra novidade

Empenhado em ser “um lugar onde a Cultura e a Espiritualidade dialogam com a cidade”, o Seminário de Coimbra acolhe, na próxima segunda-feira, 26, a atividade “Humanizar através do teatro – A Importância da Compaixão” (que inclui a representação de uma peça, mas vai muito além disso). Na terça-feira, dia 27, as portas do Seminário voltam a abrir-se para receber o biólogo e premiado fotógrafo de natureza Manuel Malva, que dará uma palestra sobre “Salvar a natureza”. 

Era uma vez na Alemanha

Era uma vez na Alemanha novidade

No sábado 3 de fevereiro, no centro de Berlim, um estudante judeu foi atacado por outro estudante da sua universidade, que o reconheceu num bar, o seguiu na rua, e o agrediu violentamente – mesmo quando já estava caído no chão. A vítima teve de ser operada para evitar uma hemorragia cerebral, e está no hospital com fracturas em vários ossos do rosto. Chama-se Lahav Shapira. [Texto de Helena Araújo]

Vitrais e escultura celebram videntes de Fátima na Igreja da Golpilheira

Inaugurados dia 25

Vitrais e escultura celebram videntes de Fátima na Igreja da Golpilheira novidade

A comunidade cristã da Golpilheira – inserida na paróquia da Batalha – vai estar em festa no próximo domingo, 25 de fevereiro, data em que serão inaugurados e benzidos os novos vitrais e esculturas dos três videntes de Fátima que passarão a ornamentar a sua igreja principal – a Igreja de Nossa Senhora de Fátima. As peças artísticas foram criadas por autores nacionais, sob a coordenação do diretor do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima, Marco Daniel Duarte.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This