Bolsonaro contestado por cortes na Educação

| 17 Mai 19

As ruas de mais de duas centenas de municípios em 26 estados brasileiros foram tomadas esta quarta-feira, 15 de maio, por manifestações que registaram a participação de centenas de milhares de estudantes e professores, de acordo com a generalidade dos média brasileiros. 

As demonstrações pretenderam contestar os acentuados cortes nos orçamentos das instituições do ensino superior recentemente anunciados pelo Governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro. Esta foi a primeira grande contestação às políticas bolsonaristas desde a entrada em funções do novo Executivo brasileiro, em janeiro deste ano.

Em visita aos Estados Unidos, o Presidente catalogou os manifestantes como “idiotas úteis”. 

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This