Novo bispo convoca assembleia

Bragança debate formação permanente do clero

| 9 Jul 2023

Catedral de Bragança. Foto © M. Peinado / Wikimedia Commons

Catedral de Bragança: novo bispo quer mudar a formação do clero. Foto © M. Peinado / Wikimedia Commons

 

A formação permanente do clero e o exercício do ministério dos presbíteros em chave sinodal são os dois temas principais da assembleia do clero de Bragança que decorre nesta terça-feira, dia 11 de Julho, a primeira convocada pelo novo bispo da diocese, Nuno Almeida.

De acordo com membros do clero da diocese, esta iniciativa foi muito bem recebida, já que é proposta apenas duas semanas depois da chegada do novo bispo à diocese, a 25 de Junho fazendo, na prática, como que uma troca: o ex-bispo de Bragança foi para arcebispo de Braga, onde tomou posse em Fevereiro do ano passado; e Nuno Almeida veio de auxiliar de Braga para Bragança.

No guião para o debate, o bispo propõe que se discuta se o que existe ao nível da formação corresponde aos interesses e necessidades do clero. Relacionando com o processo sinodal que a Igreja Católica está a viver, o debate pretende também avaliar os modos, as modalidades e os rimos de fazer a formação, bem como a forma de suscitar o interesse dos membros do clero.

O bispo Nuno Almeida cita a Ratio fundamentalis, documento orientador da formação dos presbíteros, que diz, no seu parágrafo 82, que “a formação permanente deve ser concreta, isto é, encarnada na realidade”.

A assembleia decorre durante a manhã de terça-feira, começando com uma intervenção do bispo sobre a identidade e o ministério do presbítero. Depois disso, os participantes reúnem-se por arciprestados (divisão correspondente aos concelhos, grosso modo).

O dia escolhido para a assembleia coincide com o dia de São Bento, padroeiro da diocese.

 

Vaticano não identificou “má conduta ou abuso” por parte de cardeal Lacroix

Investigação suspensa

Vaticano não identificou “má conduta ou abuso” por parte de cardeal Lacroix novidade

A Sala de Imprensa da Santa Sé anunciou esta terça-feira, 21 de maio, que a investigação canónica preliminar solicitada pelo Papa Francisco para averiguar as acusações de agressão sexual contra o cardeal canadiano Gérald Cyprien Lacroix não prosseguirá, visto que “não foi identificada qualquer ação como má conduta ou abuso” da parte do mesmo. O nome do prelado, que pertence ao Conselho dos Cardeais (C9), foi um dos apontados numa grande ação coletiva a decorrer no Canadá, listando supostas agressões sexuais que terão ocorrido na diocese do Quebeque, nos anos 1980.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Prémio de direitos humanos para marroquina Amina Bouayach é “instrumento de propaganda”

AAPSO denuncia

Prémio de direitos humanos para marroquina Amina Bouayach é “instrumento de propaganda” novidade

Amina Bouayach, Presidente do Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) de Marrocos, recebeu esta terça-feira, 21 de maio, na Assembleia da República, em Lisboa, o Prémio de Direitos Humanos do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa 2023. Mas a Associação de Amizade Portugal – Sahara Ocidental (AAPSO) considera, no mínimo, “estranha” a atribuição do galardão à marroquina.

Senhora do Rosário: Que batalhas há para vencer?

Senhora do Rosário: Que batalhas há para vencer? novidade

A exposição, intitulada «Mês de Maio. Mês de Maria», que tem por curador o Prof. José Abílio Coelho, historiador, da Universidade do Minho, conta com as principais ‘apresentações’ de Nossa Senhora do Rosário, sobretudo em escultura e pintura, que se encontram dispersas por igrejas e capelas do arciprestado de Póvoa de Lanhoso. Divulgamos o texto, da autoria do Padre Joaquim Félix, publicado no catálogo da exposição  «A Senhora do Rosário no Arciprestado Povoense».

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This