Burkina Faso: padre e cinco fiéis mortos durante a missa

| 12 Mai 19

A localização aproximada de Dablo, onde se registou o ataque, numa reprodução do Google Maps.

 

Um padre e cinco fiéis foram abatidos este domingo durante a missa, na localidade de Dablo, no norte do Burkina Faso, segundo informações da Agência France Presse (AFP) citadas por vários media internacionais.

Os atacantes, chegados em motorizadas, entraram na igreja logo no início da celebração, fecharam as portas, obrigaram a deitar-se no chão o padre que presidia e cinco outras pessoas e começaram a disparar sobre elas. Antes de desaparecerem, deitaram ainda fogo à igreja e fizeram outros estragos em serviços da comunidade.

Segundo os relatos, é a primeira vez que a Igreja Católica daquele país sofre um ataque terrorista. A AFP nota que este acontecimento ocorreu dois dias depois de tropas especiais francesas terem libertado quatro reféns no norte de Burkina Faso, dois dos quais turistas franceses.

Informações da BBC mostram como têm vindo a crescer de forma acentuada, nos últimos anos, ataques perpetrados por grupos jihadistas. Um dos mais recentes foi contra um tempo protestante, em que morreram também seis pessoas. Num gráfico publicado neste domingo, o serviço público britânico contabiliza 12 ataques em 2016, 33 no ano seguinte e 158 no ano passado.

Artigos relacionados