CAMPANHA 15.000 Euros PARA O 7M: Em duas semanas já passámos de meio

| 22 Jun 20

Em duas semanas conseguimos recolher mais de metade dos €15.000 que colocámos como objetivo para assegurarmos o crescimento do 7MARGENS ao longo de 2020. Quase uma centena [94] de leitores e amigos respondeu à campanha que lançámos a 7 de junho permitindo reunir €8.560,00. Muito obrigado! A campanha decorre até ao final de julho e já faltam menos de €6.500! Contamos consigo para a divulgar.

Solicitamos a todos aqueles e aquelas que nos apoiam financeiramente que não se esqueçam de enviar mail para setemargens@setemargens.com dando nota do donativo entregue. Só assim conseguiremos enviar recibo para eventual desconto em sede de IRS ou IRC.

Várias pessoas têm-nos perguntado sobre qual o montante com que se espera que cada um contribua. A referência que temos dado é a de €100,00 por família. Mas há donativos maiores e menores. Todo são bem-vindos e cada um saberá com quanto pode contribuir. A conta é da CGD PT50 0035 0675 0004 6941 7308 1, em nome da Associação Porta 18.

Outro contributo muito importante para o futuro do 7M é a sua divulgação junto de amigos e conhecidos. A assinatura da Newsletter é gratuíta (para isso servem os donativos solcitados) e por isso podem propô-la a quem vos parecer bem.

Reproduzimos a seguir o mail de lançamento da campanha enviado a 7 de junho.

Abraço,
A Direção do 7MARGENS

 

Cara(o) Amiga(o),

Divulgar gestos de solidariedade e esperança, estimular os relatos do quotidiano do confinamento, denunciar situações mais dramáticas e escondidas, sem deixar de noticiar outras realidades para além da covid-19 foram as prioridades do 7MARGENS ao longo destes tempos de pandemia.

Tal estratégia foi compensadora. Dobrámos o número de leitores assíduos (no final de fevereiro eram 4,8 mil, no final de maio eram 9,2 mil) e o site registou no mês passado um recorde de 71 mil visitas.

A Newsletter diária é agora enviada a 1.372 assinantes.

Estes números mostram que o 7MARGENS se tornou companhia diária para mais pessoas, o que está também relacionado com o vosso empenho na sua divulgação. Muito obrigado!

Passámos também a contar com o apoio (voluntário) do José Centeio na organização e publicação da opinião e do trabalho a meio tempo da Clara Raimundo na redação.

Estes foram (e são) tempos durante os quais todos enfretámos novas urgências, novas dificuldades e situações complexas a que acudir, enquanto registávamos perdas de rendimento mais ou menos acentuadas.

Por isso mesmo evitámos solicitar o vosso apoio financeiro durante estes meses de pandemia. Mesmo sem esse apelo explícito, 95 de entre vós enviaram-nos o seu contributo ao longo destes primeiros cinco meses do ano. Graças a eles foi possível chegar aqui. Mas estamos no limite de ficarmos impedidos de ir mais longe.

É com o objetivo de podermos prosseguir que vos enviamos este apelo, dirigido sobretudo aos que este ano ainda não tiveram oportunidade de apoiar financeiramente o 7MARGENS. E que agora podem descontar os seus donativos em sede de IRS (ou IRC) nas modalidades previstas pela Lei, dado que a 9 de março fomos reconhecidos como iniciativa de interesse cultural [https://setemargens.com/apoie-o-7-margens/].

Até 31 de maio a situação económica do 7MARGENS pode ser assim resumida:

Donativos (5 meses)         €11.510,00
Despesa (5 meses):          €11.088,60
Saldo:                                 €   421,40

Em síntese, as principais rubricas da despesa foram estas:

Colaboração redação:                €9.027,00
Apoio informático:                      €1.552,05
Rendas:                                      €   240,00
Custos bancários:                      €     20,98
Diversos:                                    €   248,57

Estamos, portanto, a iniciar junho tendo em caixa apenas os saldos transitados de 2018 e 2019 (pouco mais de €2.000,00). Os próximos meses serão de grande aflição para muita gente, pelo que a maioria das instituições que temos abordado terá pouca disponibilidade para apoiar financeiramente o 7MARGENS.

Ponderada toda esta situação decidimos abrir uma campanha com o objetivo de até, ao final de julho, chegarmos aos 2.000 assinantes da Newsletter eobtermos €15.000,00 em novos donativos. Tal montante permitirá assegurar a existência do 7MARGENS até ao fim do ano.

Contamos contigo e com o teu empenho em divulgares o 7MARGENS e esta campanha a conhecidos e amigos.

Obrigado!

A conta do Sete Margens é na CGD: PT50 0035 0675 0004 6941 7308 1
Estamos ao vosso dispor. Precisamos do vosso apoio e companhia.

Um abraço amigo,
António Marujo, Eduardo Jorge Madureira, Jorge Wemans e Manuel Pinto
7MARGENS, 7 de junho de 2020

Artigos relacionados

“Fratelli Tutti”: Os desafios missionários do Papa Francisco

“Fratelli Tutti”: Os desafios missionários do Papa Francisco

A Igreja Católica assinala neste domingo, 18 de Outubro, o Dia Mundial das Missões. A esse propósito e com esse pretexto, o padre Tony Neves, dos Missionários Espiritanos, escreveu uma análise da Fratelli Tutti em chave missionária. A nova encíclica do Papa Francisco, divulgada há duas semanas, já foi objecto de várias leituras no 7MARGENS. Tony Neves considera-a “um texto inspirador para estes tempos de pandemia mundial”. 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

Papa aceita demissão de bispo polaco acusado de encobrir abusos sexuais novidade

O Papa Francisco aceitou o pedido de resignação de Edward Janiak, bispo de Kalisz (Polónia), depois de, no passado mês de junho, ter ordenado o seu afastamento da diocese por suspeitas de encobrimento de abusos sexuais de menores. A renúncia de Janiak, aos 68 anos, sete anos antes do previsto no Código de Direito Canónico, sugere que as suspeitas se terão confirmado.

Cardeal Maradiaga apresenta livro do presidente da Cáritas Portuguesa

O cardeal Rodriguez Maradiaga participa, nesta quarta-feira, 14 de Outubro, na apresentação do livro Estende a Tua Mão ao Pobre (ed. Paulinas), de Eugénio Fonseca, actual presidente da Cáritas Portuguesa. Através da plataforma virtual Teams, o arcebispo de Tegucigalpa (Honduras) falará sobre a nova encíclica Fratelli Tutti (Todos irmãos), às 21h30 desta quarta, 14 de Outubro.

Campanha dos jesuítas para “ajudar o Líbano” recolheu 30 mil euros

A campanha “Ajudar o Líbano”, promovida pela Companhia de Jesus e pelo seu portal PontoSJ, angariou 30.098,57 euros. Agora, os donativos angariados serão enviados para a Rede Xavier, que os aplicará localmente em Beirute, no apoio às populações mais atingidas pelas explosões de Agosto, e na reconstrução das obras e comunidades dos jesuítas que ficaram danificadas pelas explosões.

Inscreva-se aqui
e receba as nossas notícias

Boas notícias

Facebook proíbe conteúdos que neguem ou distorçam o Holocausto

Facebook proíbe conteúdos que neguem ou distorçam o Holocausto

A decisão foi anunciada esta segunda-feira, 12 de outubro, pela vice-presidente de política de conteúdos do Facebook, Monika Bickert, e confirmada pelo próprio dono e fundador da rede social, Mark Zuckerberg: face ao crescimento das manifestações de antissemitismo online, o Facebook irá banir “qualquer conteúdo que negue ou distorça o Holocausto”.

É notícia

Entre margens

Eliminar a pobreza, sanar o tecido social novidade

Voltou a haver pobreza em Portugal como não havia, diz-se, desde há 100 anos. Não sei se será bem assim, mas que há mais pobreza, há. Vê-se muito mais gente nas ruas a pedir ajuda, envergonhada, aviltada, desconfortável com a sua nova situação. Gente que, talvez até há menos de um ano, não esperava chegar ao ponto de se ver obrigada a ir para a rua pedir para comer. Frequentemente, gente de meia-idade ou bem mais velha.

Chorar em Fátima

Apeteceu-me dizer aos companheiros dos círculos ao lado que sou ateu, que me ensinem como é sentir o que eles sentem. Que importa? Senti o coração a abrir-se e descobrir que também sou uma árvore frondosa como o meu pai e a minha mãe desejaram que eu fosse.

Cultura e artes

O capitalismo não gosta da calma (nem da contemplação religiosa)

A editora Relógio d’Água prossegue a publicação em Portugal dos ensaios de Byung-Chul Han, filósofo sul-coreano radicado na Alemanha. O tom direto e incisivo da sua escrita aponta, num registo realista, as múltiplas enfermidades de que padece a sociedade contemporânea, que o autor designa como sociedade pós-industrial ou sociedade da comunicação e do digital, do excesso de produção e de comunicação. A perda dos referentes rituais – análise que o autor refere como isenta de nostalgia, mas apontando o futuro – é uma dessas enfermidades, com as quais a vivência religiosa está intimamente relacionada.

Documentário sobre Ferreira d’Almeida disponível na RTP Play

O documentário abre com Carlos Fiolhais professor de Física na Universidade de Coimbra, a recordar que a Bíblia é o livro mais traduzido e divulgado de sempre – também na língua portuguesa. E que frases conhecidas como “No princípio criou Deus o céu e a terra” têm, em português, um responsável maior: João Ferreira Annes d’Almeida, o primeiro tradutor da Bíblia para português, trabalho que realizou no Oriente, para onde foi ainda jovem e onde acabaria por morrer.

Uma simples prece

Nem todos somos chamados a um grande destino/ Mas cada um de nós faz parte de um mistério maior/ Mesmo que a nossa existência pareça irrelevante/ Tu recolhes-te em cada gesto e interrogação

Sete Partidas

Não ter medo da covid

Nesta crise da covid tenho ouvido cada vez mais falar em medo, em “manipulação pelo medo” em “não ceder à estratégia do medo”. Parece que há por aí quem acredite que os governos têm um plano secreto de instalação do totalitarismo, e a covid é apenas uma excelente desculpa para a pôr em prática.

Aquele que habita os céus sorri

Agenda

Parceiros

Fale connosco


Notice: Undefined index: HTTP_REFERER in /home/setemargve/www/wp-content/plugins/smart-marketing-for-wp/egoi-for-wp.php on line 188