Capelas de Braga vencem concurso de arquitetura

| 13 Mar 2019

Capelas de Braga vencem concurso de arquitetura

| 13 Mar 19

(Fotos © Nelson Garrido; para ver a galeria, clicar nas setas.)

 

As capelas Imaculada e Cheia de Graça, do Seminário de Nossa Senhora da Conceição, em Braga, venceram o prémio do público para edifício do ano ArchDaily na categoria de arquitetura religiosa. O anúncio foi feito terça-feira, 12, pela publicação digital especializada em arquitetura, aquando da divulgação dos resultados da votação eletrónica.

A distinção, atribuída após sucessivas fases de votação pelos leitores daquele que é considerado o “site” da especialidade mais consultado, dá à cidade e à arquidiocese de Braga o segundo prémio ArchDaily. O primeiro tinha sido a capela Árvore da Vida, distinguida em 2011, e assinada também pelo gabinete Cerejeira Fontes Arquitetos.

Para a mesma categoria também estava nomeado o presbitério e altar do recinto de oração do Santuário de Fátima.

Segundo a nota informativa (divulgada pelo Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura), a capela “ergue-se em madeira, desde a estrutura de suporte até aos planos que lhe conferem o espaço, e é composta por várias peças de madeira, encaixando-se, criando uma estrutura equilibrada que se manifesta como uma floresta à entrada do espaço sagrado”.

Os arquitetos assinalam que as capelas são envolvidas por uma abóboda em betão, com 12 cm de espessura e suportada uma estrutura em aço “quase impercetível”, e a sua copa cria uma espaço reservado dedicado aos “habitantes do Seminário, e os seus troncos um filtro entre o espaço profano e o espaço sagrado, permitindo ao visitante entregar-se ao espaço, entregar-se à dimensão dos sentidos.”

O conjunto arquitetónico cria, juntamente com os restantes elementos, um espaço de absoluto “silêncio inquieto” remetendo à introspeção, ao mesmo tempo que se destaca por uma “qualidade acústica superior” e “transportando o espectador para outra dimensão física e espiritual”.

[related_posts_by_tax format=”thumbnails” image_size=”medium” posts_per_page=”3″ title=”Artigos relacionados” exclude_terms=”49,193,194″]

Breves

Boas notícias

Nada se perde: um antigo colégio dos Salesianos é o novo centro de acolhimento do Serviço Jesuíta aos Refugiados

Inaugurado em Vendas Novas

Nada se perde: um antigo colégio dos Salesianos é o novo centro de acolhimento do Serviço Jesuíta aos Refugiados

O apelo foi feito pelo Papa Francisco: utilizar os espaços da Igreja Católica devolutos ou sem uso para respostas humanitárias. Os Salesianos e os Jesuítas em Portugal aceitaram o desafio e, do antigo colégio de uns, nasceu o novo centro de acolhimento de emergência para refugiados de outros. Fica em Vendas Novas, tem capacidade para 120 pessoas, e promete ser amigo das famílias, do ambiente, e da comunidade em que se insere.

É notícia 

Entre margens

Desfazendo três equívocos sobre Deus

Desfazendo três equívocos sobre Deus novidade

Existem três dificuldades ou equívocos religiosos sobre o carácter de Deus, e que revelam algum desconhecimento sobre Ele. Por isso convém reflectir no assunto. Esses três equívocos sobre os quais nos vamos debruçar de seguida são muito comuns, infelizmente. [Texto de José Brissos-Lino]

O exemplo de Maria João Sande Lemos

O exemplo de Maria João Sande Lemos

Se há exemplo de ativismo religioso e cívico enquanto impulso permanente em prol da solidariedade, da dignidade humana e das boas causas é o de Maria João Sande Lemos (1938-2024), que há pouco nos deixou. Conheci-a, por razões familiares, antes de nos encontrarmos no então PPD, sempre com o mesmo espírito de entrega total. [Texto de Guilherme d’Oliveira Martins]

Escravatura e racismo: faces da mesma moeda

Escravatura e racismo: faces da mesma moeda

Nos últimos tempos muito se tem falado e escrito sobre escravatura e racismo no nosso país. Temas que nos tocam e que fazem parte da nossa história os quais não podemos esconder. Não assumir esta dupla realidade, é esconder partes importantes da nossa identidade. Sim, praticámos a escravatura ao longo de muitos séculos, e continuamos a fechar os olhos a situações de exploração de pessoas imigradas, a lembrar tempos de servidão.[Texto de Florentino Beirão]

Cultura e artes

A escola como o “umbral”

[Nas margens da filosofia (LXIV)]

A escola como o “umbral” novidade

O livro de Josep Esquirol, A Escola da Alma, é uma obra em que a espiritualidade e a filosofia se cruzam, ao ritmo das Bem-Aventuranças. Esquirol fala-nos da escola como instituição, mas também da relação que ela tem (ou teve) connosco, com a sociedade, com a ética e com a transcendência.

Arte inspirada na Bíblia para ser apreciada de olhos vendados

No Consolata Museu

Arte inspirada na Bíblia para ser apreciada de olhos vendados

Uma nova exposição de pintura e de escultura é inaugurada no Consolata Museu, em Fátima, este sábado, 22 de junho, às 17 horas. Intitulada “A Bíblia – Experiências tangíveis”, a mostra reúne um conjunto de obras de arte criadas por 34 artistas de Itália e de Portugal, que podem ser apreciadas… de olhos vendados.

Sete Partidas

“O 7 de outubro, a guerra em Gaza e as sombras da Shoah e da Nakba”

“O 7 de outubro, a guerra em Gaza e as sombras da Shoah e da Nakba”

O último dia de “Reflexos e Reflexões” prometia uma tarde bem preenchida: o debate sobre “o 7 de outubro, a guerra em Gaza e as sombras da Shoah e da Nakba”, e a peça de teatro “House”, de Amos Gitai, pelo teatro La Colline. Aqui deixo uma síntese do debate, que tentei fazer com a maior fidedignidade possível, a partir dos apontamentos que fui tomando (era proibido tirar fotografias ou fazer gravações, para garantir que todos se sentiam mais livres para falar). [Texto de Helena Araújo]

Visto e Ouvido

Igreja tem política de “tolerância zero” aos abusos sexuais, mas ainda está em “processo de purificação”

D. José Ornelas

Bispo de Setúbal

Agenda

[ai1ec view=”agenda”]

Ver todas as datas

Fale connosco

Desfazendo três equívocos sobre Deus

Desfazendo três equívocos sobre Deus novidade

Existem três dificuldades ou equívocos religiosos sobre o carácter de Deus, e que revelam algum desconhecimento sobre Ele. Por isso convém reflectir no assunto. Esses três equívocos sobre os quais nos vamos debruçar de seguida são muito comuns, infelizmente. [Texto de José Brissos-Lino]

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

sobre as águas

sobre as águas novidade

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo XII do Tempo Comum B. ⁠Hospital de Santa Marta⁠, Lisboa, 22 de Junho de 2024.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This