Imaculada Conceição

Cardeal António Marto desafiou peregrinos a lutar contra “pandemia da corrupção”

| 8 Dez 2021

antonio marto santuario fatima foto santuario fatima

O vírus da corrupção “começa por se aninhar nas consciências de cada um individualmente, e quando elas são corrompidas contagiam a sociedade”, alertou António Marto esta quarta-feira, em Fátima. Foto © Santuário de Fátima.

 

“A santidade da vida quotidiana é o melhor e mais forte antídoto contra a pandemia da corrupção”, afirmou o  bispo de Leiria-Fátima, cardeal António Marto, esta quarta-feira, 8, durante a missa da solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, à qual presidiu no Santuário de Fátima. Em Roma, o Papa cumpriu a tradicional homenagem à Imaculada Conceição, deslocando-se à Praça de Espanha, onde rezou pelas vítimas das guerras, da crise climática e pelos doentes.

O vírus da corrupção “começa por se aninhar nas consciências de cada um individualmente, e quando elas são corrompidas contagiam a sociedade”, alertou António Marto, sublinhando que “a santidade da vida quotidiana inspira e promove o renascimento moral” dessa mesma sociedade. “Somos chamados a viver a santidade, uma santidade de pequenos gestos onde quer que nos encontremos na nossa vida quotidiana: um ato de ternura; uma ajuda generosa; um tempo passado a escutar alguém que precisa de consolo; uma visita; uma companhia a quem está só ou enfermo” constituem formas de viver a santidade na vida quotidiana, referiu.

“Podem parecer gestos insignificantes, que não dão notícia nem fazem parangonas nos jornais, mas aos olhos de Deus são gestos grandiosos” enfatizou lembrando que é desta “ santidade popular”, a `santidade de ao pé da porta´, como lhe chama o Papa, “próxima a começar dentro da própria casa, da própria família” que a humanidade precisa.

Francisco, em Roma, rezou para que a Virgem Maria “desfaça o coração de pedra daqueles que levantam muros para afastar de si a dor dos outros” e, depositando um cesto de rosas brancas junto da imagem de Nossa Senhora que se encontra na Praça de Espanha, pediu “o milagre da cura para os muitos doentes, para os povos que sofrem duramente com as guerras e a crise climática”.

 

Quando os padres não abusadores são as vítimas colaterais dos abusos do clero

Encontro “Cuidar” em Lisboa

Quando os padres não abusadores são as vítimas colaterais dos abusos do clero novidade

“O que encontramos assusta-me: desilusão, depressão, crise existencial, perda de identidade, fim da relação entre presbíteros, perda de confiança na instituição e na hierarquia.” O diagnóstico cáustico é feito ao 7MARGENS pelo padre inglês Barry O’Sullivan, 61 anos, da diocese de Manchester, que estudou o impacto dos abusos sexuais entre os padres não abusadores.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

De 1 a 31 de Julho

Helpo promove oficina de voluntariado internacional

  Encerram nesta sexta-feira, 24 de Junho, as inscrições para a Oficina de Voluntariado Internacional da Helpo, que decorre entre 1 e 3 de Julho. A iniciativa é aberta a quem se pretenda candidatar ao Programa de Voluntariado da Organização Não Governamental para...

Luz e negrume

Luz e negrume novidade

As obras de Pedro Costa, cineasta, Rui Chafes, escultor, e Paulo Nozolino, fotógrafo, e de Simon Hantaï, artista plástico, estão expostas em Paris, respectivamente no Centre Georges Pompidou e na Fundação Louis Vitton. Um autor, identificado como Anonymous, estabelece com elas um diálogo em dois poemas traduzidos por João Paulo Costa, investigador na área de filosofia e autor de À sombra do invisível (Documenta, 2020).

Paróquia de Nossa Senhora da Hora: Ouvir os leigos na nomeação de padres e bispos

Contributos para o Sínodo (23)

Paróquia de Nossa Senhora da Hora: Ouvir os leigos na nomeação de padres e bispos novidade

Os leigos devem ser ouvidos nos processos de nomeação de párocos e de escolha dos bispos e a Igreja deve ter uma lógica de reparação da situação criada pelos abusos de menores. Evitar o clericalismo e converter os padres a uma Igreja minoritária, pobre, simples, dialogante, sinodal é outra das propostas do Conselho Paroquial de Pastoral da Paróquia de Nossa Senhora da Hora (Matosinhos).

Saúde mental dos jovens: a urgência de um novo paradigma

Saúde mental dos jovens: a urgência de um novo paradigma novidade

A saúde mental dos jovens tem-se vindo a tornar, aos poucos, num tema com particular relevância nas reflexões da sociedade hodierna, ainda que se verifique que estas possam, muitas das vezes, não resultar em concretizações visíveis e materializar em soluções para os problemas que afetam os membros desta mesma sociedade. A verdade é que, apesar de todos os esforços por parte dos profissionais de saúde e também das pessoas, toda a temática é, ainda, envolvida por uma “bolha de estigmas”, o que a transforma numa temática-tabu.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This