Cardeal Parolin em Beirute: “Os libaneses estão sobrecarregados, exaustos e frustrados. Mas não estão sozinhos.”

| 4 Set 20

cardeal parolin no libano, Foto Vatican News

À chegada ao Líbano, o cardeal Pietro Parolin encontrou-se com os líderes religiosos do país na catedral maronita de São Jorge (Beirute). Foto: Vatican News.

 

O enviado do Papa ao Líbano, cardeal Pietro Parolin, chegou a Beirute esta quinta-feira, 3 de setembro, para viver junto do povo libanês o dia universal de oração e jejum convocado por Francisco. Num encontro com os líderes religiosos do país, recordou que a iniciativa do Papa obteve consenso em “muitos países de todos os continentes” e assegurou que o Líbano pode continuar a contar com a solidariedade do Vaticano.

Ao encontro, que decorreu na catedral maronita de São Jorge, em Beirute, seguiu-se a celebração da eucaristia no Santuário de Harissa, dedicado a Nossa Senhora do Líbano. “É verdade que os libaneses estão a viver momentos de aflição. Estão sobrecarregados, exaustos e frustrados. Mas não estão sozinhos”, disse o Secretário de Estado da Santa Sé durante a homilia, citado pelo Vatican News.

“O nosso sofrimento pode ajudar-nos a purificar as nossas intenções e fortalecer a nossa determinação de viver juntos em paz e dignidade, de lutar por um governo melhor que promova a transparência e a responsabilidade. Juntos, podemos vencer a violência e todas as formas de autoritarismo, promovendo uma cidadania inclusiva baseada no respeito dos direitos e deveres fundamentais”, sublinhou Parolin.

O cardeal manifestou não ter dúvidas de que “os libaneses reconstruirão o seu país, com a ajuda de amigos e com o espírito de compreensão, diálogo e convivência que sempre os distinguiu” e apelou aos presentes para “insistir com todos os líderes políticos libaneses, tanto os dos partidos tradicionais quanto os dos movimentos recém-formados, na promoção sincera e concreta dos talentos dos jovens, suas aspirações de paz e um futuro melhor”.

Depois, recordou as palavras que Francisco dissera na véspera, ao anunciar o dia de oração: “Tenham coragem, irmãos, que a fé e a oração sejam a vossa força. Não abandonem as vossas casas nem a vossa herança. Não deixem cair o sonho daqueles que acreditaram num país belo e próspero.”

A visita de Parolin, que se realizou um mês após as explosões no porto de Beirute que causaram 220 mortos, 6 mil feridos e 300 mil deslocados, prosseguiu esta sexta-feira, onde pela manhã foi recebido no palácio presidencial de Baabda, antes de se dirigir ao local das explosões no porto de Beirute para um momento de oração, diante da estátua do emigrante.

O representante do Papa visitou em seguida os hospitais devastados do bairro de Achrafieh e encontrou-se com algumas das vítimas das explosões, tendo percorrido as áreas da cidade mais afetadas pela destruição.

 

Inquérito 7M sobre o Sínodo: entre as “baixas expectativas” e a “oportunidade de uma Igreja aberta”

Católicos portugueses pouco entusiasmados?

Inquérito 7M sobre o Sínodo: entre as “baixas expectativas” e a “oportunidade de uma Igreja aberta” novidade

O 7MARGENS entendeu auscultar um conjunto de 63 movimentos e associações católicas, procurando contemplar diversidade de carismas e de setores e mesmo de atitudes perante o futuro. A auscultação decorreu na segunda metade de julho, num momento em que já se conhecia o cronograma e dinâmica do Sínodo.

Líbano: Siro-católicos dizem-se marginalizados

Líbano tem novo Governo

Líbano: Siro-católicos dizem-se marginalizados novidade

O novo Governo do Líbano, liderado pelo muçulmano sunita Najib Mikati, obteve nesta segunda-feira, 20 de setembro, o voto de confiança do Parlamento. A nova estrutura de Governo reflete na sua composição a variedade do “mosaico” libanês, nomeadamente do ponto de vista das diversas religiões e confissões religiosas, mas os siro-católicos dizem ter sido marginalizados.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Às vezes, nem o amor consegue salvar-nos

Cinema

Às vezes, nem o amor consegue salvar-nos novidade

Falling, que em Portugal teve o subtítulo Um Homem Só, é a história de um pai (Willis) e de um filho (John) desavindos e (quase) sempre em rota de colisão, quer dizer, de agressão, de constante provocação unilateral da parte do pai, sempre contra tudo e contra todos.

A palavra que falta explicitar no “cuidar da criação”

A palavra que falta explicitar no “cuidar da criação” novidade

No dia 1 de setembro começou o Tempo da Criação para diversas Igrejas Cristãs. Nesse dia, o Papa Francisco, o Patriarca Bartolomeu e o Arcebispo de Canterbury Justin assinaram uma “Mensagem Conjunta para a Protecção da Criação” (não existe – ainda – tradução em português). Talvez tenha passado despercebida, mas vale a pena ler.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This