Cardeal Tagle propõe eliminar a dívida dos países pobres

| 1 Abr 20

O cardeal filipino Luis Antonio Tagle, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos e presidente da Cáritas Internacional, propôs um jubileu especial em que os países ricos perdoem aos países pobres as dívidas contraídas, de forma a que estes tenham condições para combater a pandemia de covid-19. Um jubileu, na tradição bíblica, era um ano em que se perdoavam dívidas e deixavam terras em pousio. 

“Agora, damo-nos conta de que não temos máscaras faciais suficientes, enquanto os projéteis são abundantes. Não temos ventiladores suficientes, mas temos milhões de pesos, dólares e euros para gastar num avião que pode atacar pessoas”, alertou o ex-arcebispo de Manila. Esta falta de recursos poderá ser o “túmulo” dos países pobres, afirmou, defendendo que as despesas militares dos governos deverão ser reorientadas para as áreas da educação, habitação e saúde.

Artigos relacionados