Dia Mundial dos Pobres

Cáritas lança operação “10 Milhões de Estrelas”

| 12 Nov 21

vela um gesto pela paz Caritas

As velas podem ser adquiridas numa das 20 Cáritas Diocesanas, nas paróquias aderentes, nas lojas Pingo Doce e na página da Cáritas Portuguesa na internet.

 

A Cáritas lança neste domingo, 14 de Novembro, a campanha anual “10 Milhões de Estrelas – Um Gesto pela Paz”, como forma de marcar o Dia Mundial dos Pobres, que se assinala no mesmo dia, depois de instituído pelo Papa Francisco há cinco anos. A campanha pretende traduzir uma “adesão simbólica aos valores da paz, associados à vivência do Natal, pela aquisição de uma ‘vela estrela’ de cor branca ou vermelha, no valor de dois euros”.

As pessoas interessadas podem adquirir as velas numa das 20 Cáritas Diocesanas, nas paróquias aderentes, nas lojas Pingo Doce e na página da Cáritas Portuguesa na internet.

As verbas angariadas com a campanha são destinadas a dois objectivos de carácter nacional e internacional: neste ano, 65% irão para acções da rede nacional Cáritas no campo social (65%), e os restantes 35% para projectos de resposta ao impacto das alterações climáticas no bem-estar e sobrevivência das populações mais vulneráveis, nos países lusófonos.

Em paralelo, a Cáritas pretende lançar, em parceria com o Secretariado Nacional de Educação Cristã, o projecto “Cáritas na Escola”, com o objectivo de sensibilizar para a defesa da dignidade humana e para a promoção da paz.

A campanha “10 Milhões de Estrelas – Um Gesto pela Paz” nasceu numa diocese francesa em 1984, alargando-se a todo o país em 1991, explica uma nota de imprensa da Cáritas. Em 2002, passou a abranger quase toda a Europa e em Portugal começou em 2003. Desde essa altura, a campanha serviu para apoiar projectos a nível nacional, através da ação da rede nacional Cáritas, além de 15 situações de emergência internacional e três de emergência nacional.

A instituição católica diz ainda que, entre Maio de 2020 e Outubro último, apoiou, através do programa “Inverter a curva da pobreza em Portugal”, mais de 18 mil pessoas em dificuldade em resultado directo da covid-19. Esse número total corresponde a 6.610 famílias, das quais 3.042 são novas famílias a receber apoio.

Este número, diz a Cáritas, deve somar-se ainda aos pedidos que a instituição já recebia na fase anterior à pandemia. “Apesar das necessidades ao nível alimentar, é cada vez mais uma das principais organizações na resposta financeira a pedidos concretos, destacando-se o apoio ao pagamento de despesas relacionadas com a habitação (61% – rendas), de despesas relacionadas com a saúde (15%), e ao pagamento de despesas relacionadas com a eletricidade (13%).”

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Onde menos se espera, aí está Deus

Onde menos se espera, aí está Deus novidade

Por vezes Deus descontrola as nossas continuidades, provoca roturas, para que possamos crescer, destruir em nós uma ideia de Deus que é sempre redutora e substituí-la pela abertura à vida, onde Deus se encontra total e misteriosamente. É Ele, o seu espírito, que nos mostra o nosso nada e é a partir do nosso nada que podemos intuir e abrir-nos à imensidão de Deus, também nas suas criaturas, todas elas.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This