A partir de 29 de janeiro

Cascais é a primeira Capital Portuguesa do Voluntariado

| 29 Jan 2024

Projeto pedalar sem idade, em Cascais. Foto Camara Municipal de Cascais

“Pedalar sem Idade” foi um dos 719 projetos de voluntariado ativos em Cascais durante o ano que passou. Foto © Câmara Municipal de Cascais

 

Portugal tem, pela primeira vez, uma cidade “Capital do Voluntariado”, e essa cidade é… Cascais. A cerimónia de abertura da Capital Portuguesa do Voluntariado 2024 acontece esta segunda-feira, 29 de janeiro, entre as 17 e as 20 horas, no Palácio da Cidadela de Cascais, com o lançamento de um serviço municipal exclusivamente dedicado ao voluntariado e de uma agenda de eventos também ligados a esta temática.

Ao longo do ano, todos os voluntários e organizações promotoras de voluntariado em Cascais terão acesso gratuito a programas de formação certificada, bem como a diversos workshops de partilha de boas práticas promovidos pelos diferentes serviços municipais, adianta o comunicado da Confederação Portuguesa do Voluntariado, promotora da iniciativa.

Entre os vários eventos já programados com o objetivo de valorizar e reconhecer publicamente a importância do trabalho voluntário, destaca-se o Festival do Voluntariado, que terá lugar a 24 e 25 de maio.

Na qualidade de Capital Portuguesa do Voluntariado, Cascais terá também a seu cargo a organização do X Encontro Intermunicipal do Voluntariado, a acontecer em novembro deste ano.

Ainda no decorrer de 2024, o município irá ainda candidatar-se ao Selo de Qualidade para o Voluntariado Join4Change. Este selo é cofinanciado pela Fundação Calouste Gulbenkian através do Programa Cidadania Ativa e constituiu um sistema de valorização da qualidade de práticas de gestão de programas de voluntariado.

Escolhida pela CPV entre inúmeras cidades candidatas, Cascais reconheceu, só em 2023, o trabalho de 104 organizações promotoras de voluntariado, que desenvolveram 719 projetos de voluntariado, e um total de 17.274 voluntários que realizaram cerca de 1,260,564 horas de voluntariado, sublinha a nota à imprensa.

Com esta iniciativa, a CPV pretende “contribuir para colocar no topo da agenda nacional o voluntariado e o seu incontornável valor para as pessoas e para as nossas comunidades, reconhecer o investimento dos municípios – atores fundamentais na mobilização da população, e na criação de oportunidade de participação cívica -, e incentivar o crescimento não só do número de pessoas que praticam o voluntariado, como a sua qualificação e o seu impacto pessoal e social”.

 

Bispos católicos de França apelam à fraternidade e justiça, mas não se demarcam da extrema-direita

Com as eleições no horizonte

Bispos católicos de França apelam à fraternidade e justiça, mas não se demarcam da extrema-direita novidade

O conselho permanente dos bispos da Igreja Católica de França considera, num comunicado divulgado esta quinta-feira, 20 de junho, que o resultado das recentes eleições europeias, que deram a vitória à extrema-direita, “é mais um sintoma de uma sociedade ansiosa, dividida e em sofrimento”. Neste contexto, e em vésperas dos atos eleitorais para a Assembleia Nacional, apresentaram uma oração que deverá ser rezada por todas as comunidades nestes próximos dias.

“Precisamos de trabalhar num projeto de sociedade que privilegie a ativação da esperança”

Tolentino recebeu Prémio Pessoa

“Precisamos de trabalhar num projeto de sociedade que privilegie a ativação da esperança” novidade

Na cerimónia em que recebeu o Prémio Pessoa 2023 – que decorreu esta quarta-feira, 19 de junho, na Culturgest, em Lisboa – o cardeal Tolentino Mendonça falou daquela que considera ser “talvez a construção mais extraordinária do nosso tempo”: a “ampliação da esperança de vida”. Mas deixou um alerta: “não basta alongar a esperança de vida, precisamos de trabalhar num projeto de sociedade que privilegie a ativação da esperança e a deseje fraternamente repartida, acessível a todos, protagonizada por todos”.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

E Jesus, estaria ele no Tik Tok?

7MARGENS/Antena 1

E Jesus, estaria ele no Tik Tok? novidade

“Falar Piano e Tocar Francês” é o título do livro do maestro Martim Sousa Tavares. Arte, música, cultura, paixão e mediação são temas do livro e pretextos para a conversa no programa 7MARGENS, da Antena 1. Que começa por uma pergunta: e Jesus, estaria ele hoje no Tik Tok?

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres

Uma religiosa e duas leigas

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres novidade

Pela quarta vez consecutiva, o papel das mulheres na Igreja voltou a estar no centro dos trabalhos do Papa e do seu Conselho de Cardeais – conhecido como C9 -, que se reuniu no Vaticano nos últimos dois dias, 17 e 18 de junho. Tratou-se de uma reflexão não apenas sobre as mulheres, mas com as mulheres, dado que – tal como nas reuniões anteriores – estiveram presentes três elementos femininos naquele que habitualmente era um encontro reservado aos prelados.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This