Impotência ou inércia?

No último à Margem, Jorge Wemans brindou-nos com um excelente texto que eu senti como um grito de revolta face à “normalização do intolerável” e, simultaneamente, como um grito de desespero por não se saber qual o caminho para a construção de um futuro alternativo...

A normalização do intolerável

A violência que prospera nos nossos dias irrompe, por vezes, nos média com grande alarido. Depois desaparece, como se de factos e atos isolados se tratasse. E, de modo subterrâneo, sem gritaria nem denúncias, pouco a pouco, entranhando-se por hábito e repetição,...

Pin It on Pinterest