Em Guadalajara, México

Católicos e judeus uniram-se para servir 40 mil jantares de Natal

| 26 Dez 2022

10 mil Natais num só, iniciativa da comunidade católica e judaica em Guadalajara, México, foto FB da iniciativa

O prato principal foram os tradicionais tamales, confecionados por dezenas de voluntários em cozinhas improvisadas em diversos pontos da cidade. Foto reproduzida a partir das redes sociais da iniciativa.

 

A arquidiocese de Guadalajara, no México, uniu-se à comunidade judaica local e, juntas, serviram 40 mil jantares aos mais pobres neste Natal. A iniciativa, intitulada “10 mil Natais em um”, realiza-se pelo quarto ano consecutivo, e nunca tinha chegado a tantas famílias carenciadas como desta vez, avança a Catholic News Agency.

No primeiro ano, os organizadores estabeleceram o objetivo de servir 10 mil pessoas e acabaram por oferecer jantares a 13 mil. Em 2020 e 2021, o número projetado de beneficiários era de 20 mil pessoas e foram fornecidos jantares a 30 mil pessoas carenciadas de toda a área metropolitana de Guadalajara.

As refeições foram compostas por alimentos doados através de 40 paróquias da diocese e um abrigo para os mais necessitados. O prato principal foram os tradicionais tamales, confecionados por dezenas de voluntários em cozinhas improvisadas em diversos pontos da cidade.

Em conferência de imprensa, o padre Javier Magdaleno Cueva, secretário-geral da arquidiocese de Guadalajara, explicou que a iniciativa tem por objetivo “levar esperança àqueles cujas vidas foram difíceis ou que sofreram naquele ano” e que não se trata apenas de “dar comida”, mas também “um sinal de paz e união na ajuda uns aos outros”.

O cardeal José Francisco Robles Ortega, arcebispo de Guadalajara, afirmou também que esta iniciativa é mais uma expressão de uma Igreja misericordiosa com os outros em todos os momentos e expressou o seu desejo de que “esta seja uma experiência de comunhão com a comunidade judaica”, lembrando que todos somos “destinatários da misericórdia de Deus”.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Irritações e sol na cara

Irritações e sol na cara novidade

“Todos os dias têm muito para correr mal, sim. Mas pode-se passar pela vida irritado? Apitos e palavras desagradáveis, respirações impacientes, sempre com o “não posso mais” na boca.” – A crónica de Inês Patrício, a partir de Berlim

A cor do racismo

A cor do racismo novidade

O que espero de todos é que nos tornemos cada vez mais gente de bem. O que espero dos que tolamente se afirmam como “portugueses de bem” é que se deem conta do ridículo e da pobreza de espírito que ostentam. E que não se armem em cristãos, porque o Cristianismo está nas antípodas das ideias perigosas que propõem.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This