Depois de comunicado da Santa Sé

China diz desconhecer motivos de protesto do Vaticano por violação de acordo

| 29 Nov 2022

“As relações China-Vaticano continuam a melhorar e também promovem o desenvolvimento harmonioso do catolicismo chinês”, disse o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês. Foto: Vatican Media.

 

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China, Zhao Lijian, afirmou esta segunda-feira, 28 de novembro, desconhecer “o assunto específico” que levou o Vaticano a emitir um comunicado no passado sábado, no qual criticava o Governo chinês por ter instalado um bispo à revelia do acordo estabelecido entre ambas as partes.

“O que desejo enfatizar é que nos últimos anos a China e o Vaticano mantiveram contactos, alcançaram vários consensos importantes, as relações China-Vaticano continuam a melhorar e também promovem o desenvolvimento harmonioso do catolicismo chinês”, disse Zhao Lijian, citado pela agência Reuters, acrescentando que Pequim “está pronta para expandir continuamente o consenso de amizade com o lado do Vaticano e trabalhar em conjunto para defender o espírito do acordo provisório”.

O acordo, que tem sido motivo de polémica dentro da Igreja Católica, foi renovado por um período de dois anos no passado mês de outubro. Os conteúdos do mesmo nunca foram revelados por nenhuma das partes.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Migrações e Sínodo em destaque no primeiro Curso de Integração Missionária

A decorrer em Fátima

Migrações e Sínodo em destaque no primeiro Curso de Integração Missionária novidade

A primeira edição do Curso de Integração Missionária está a decorrer no Centro Missionário Allamano, em Fátima, até à próxima sexta-feira, 26 de julho. Dinamizada pelos Institutos Missionários Ad Gentes, a formação, que arrancou na terça-feira, reúne cerca de 80 pessoas, sobretudo missionários estrangeiros que chegam para trabalhar em Portugal, assim como portugueses que regressam ao seu país natal, depois de muito tempo de ausência.

Os velhos não valem nada!

Os velhos não valem nada! novidade

Uma noite engolida em seco. Pessoalmente, estive a medir um SNS – Serviço Nacional de Saúde sem meios humanos e físicos, nos limites, mas que me tratou com agradecida humanidade, malgrado as nove horas da espera.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This